Visão Sistêmica: o que é e qual a sua importância


Atualizado em 9/01/24 - Escrito por Beatriz Goulart na(s) categoria(s): Processos e Organização

Chão de fábrica

Visão sistêmica é a capacidade de enxergar e entender situações em sua forma completa, o que possibilita a adequação da tomada de decisões para que a empresa chegue aos resultados planejados.

O sucesso de um empreendimento está ligado à uma boa gestão, isto é, à precisão das decisões de seus gestores, cujo objetivo principal é posicionar e fixar a sua marca no mercado para alcançar estabilidade e sucesso financeiros, benefícios para os colaboradores e a satisfação das necessidades de seu público.

É aí que entra a visão sistêmica. 

Se interessou? Continue a leitura. Vou te contar detalhes sobre esse olhar apurado que descobre os equívocos, evita riscos e possibilita investimentos e inovações seguras.

O que é visão sistêmica

O que é visão sistêmica?

A visão sistêmica é a compreensão de um sistema. É o entendimento amplo, panorâmico, que abrange o todo, isto é, como os setores funcionam, como reagem às dificuldades, como se integram interna ou externamente etc.

Com este foco, líderes e colaboradores conseguem visualizar, com clareza, a engrenagem organizacional, pois entendem a função e os procedimentos dos setores e, principalmente, os objetivos da empresa.

A visão sistêmica possibilita aos gestores, portanto, o sucesso de suas decisões e diretrizes, a prevenção e a correção de erros, o aumento da produtividade nas rotinas diárias, tudo para a manutenção ou ampliação dos resultados programados.

Qual a importância e o resultado da implementação da visão sistêmica?

O desenvolvimento e a aplicação da visão sistêmica, no âmbito empresarial, por parte dos líderes, importam no acerto das decisões, dos investimentos, das diversas ações e das negociações a serem promovidas para atingir os objetivos detalhados e previamente programados no planejamento estratégico da empresa.

Olhando também pela perspectiva do colaborador, a incorporação desta habilidade nas rotinas diárias vai gerar interesse em conhecer não só as atividades do seu próprio setor, como também dos demais e o aumento do dinamismo, da motivação e da produtividade, além do fortalecimento da coletividade, o que é de grande importância para todos.

Enfim, entendendo o todo, todos os componentes da empresa passarão a priorizar a qualidade das ações e o valor das atividades, do trabalho em equipe e, juntos, buscarão promover um ambiente interno cada vez melhor, a superação das metas e resultados, a fim de construir, passo a passo, a identidade e a fixação da marca diante do mercado. 

O que fazer para desenvolver uma visão sistêmica?

Veja, a seguir, métodos importantes para o desenvolvimento da visão sistêmica na sua organização:

Promover o autoconhecimento e treinamento

Para conseguir entender os processos da organização numa dimensão amplificada, isto é, entender a sua complexidade como um todo, é preciso conhecer bem o mercado em que está inserido.

E, além disso, entender como funciona a empresa – o que implica em estudar e revisar metas e objetivos, saber quais funções e responsabilidades estão atreladas aos setores e como os profissionais entendem e realizam as suas atividades. É necessário também ter uma cultura organizacional estabelecida e disseminada entre seus colaboradores.

Não podemos descuidar do fator humano, essencial para o sucesso do empreendimento. Neste caso, os treinamentos e oportunidades para que os colaboradores desenvolvam este tipo de habilidade fará toda a diferença nos resultados da empresa.

Analisar o capital humano

Toda organização é composta de colaboradores. Pessoas que dedicam o seu tempo, conhecimento e dedicação para que resultados sejam alcançados e unem forças com os sócios da empresa e demais profissionais para que atendam às necessidades dos clientes e mantenham seu sustento.

Analisar a situação dos colaboradores para buscar a melhor adaptação para eles, alocando-os em setores com atividades compatíveis com o seu perfil, é uma das formas de a organização avançar na direção do sucesso.

A motivação e a satisfação de trabalhar na empresa são fatores que geram  comprometimento, engajamento e proporcionam a agilidade e a segurança da realização, pelo colaborador, das suas atividades diárias.  

Utilizar ferramentas de gestão

As ferramentas de gestão são grandes aliadas da administração da empresa para facilitar a organização, alinhar ideias, identificar os obstáculos ao crescimento, evitar, reduzir ou corrigir riscos, falhas ou erros e, com isto, minimizar gastos de tempo e dinheiro etc.   

Veja, abaixo, 3 exemplos de ferramentas de gestão:

1. Canvas

O Canvas é uma ferramenta utilizada para identificar e alinhar processos e projetos de uma empresa, estruturando-a para gerar uma visão panorâmica de todo o seu funcionamento.

Essa ferramenta possibilita a reunião de detalhes importantes para a organização do seu negócio, de forma pontual e categórica.

Saiba mais sobre essa ferramenta em: Canvas: significado, como fazer e download de exemplo

2. Análise SWOT

A utilização da técnica SWOT é uma boa opção para a análise, o autoconhecimento e o planejamento estratégico da empresa.

Considerada uma ferramenta clássica da Administração, a análise SWOT,  é uma sigla em inglês dos termos Strengths (pontos fortes), Weaknesses (pontos fracos), Opportunities (oportunidades) e Threats (ameaças).

A matriz possibilita que o empreendedor amplie a visão sobre sua empresa, utilizando diversas perspectivas, a fim de que ele defina os pontos fortes e fracos que, em geral, estão dentro da própria organização, e as oportunidades e as ameaças que, na maioria dos casos, têm origem externa.

Saiba mais sobre essa ferramenta em: Análise SWOT: identifique os pontos fortes e fracos da sua indústria (PDF)

3. ERP

Sigla derivada do inglês Enterprise Resourse Planning (que em tradução livre é, Planejamento de Recursos Empresariais), o ERP é um sistema integrado para gestão da empresa, que inclui as áreas de finanças, contabilidade, controle de estoque, recursos humanos, marketing, produção etc. 

O sistema armazena e organiza os dados para, por exemplo, a troca de informações entre os setores e/ou tomada de decisões dos gestores e líderes.

Existem ERPs com diferentes focos de mercado, como o Nomus ERP Industrial, que atende indústrias, disponibilizando diversas funcionalidades que facilitam e otimizam as rotinas de todos os seus setores, já que estes são integrados e recebem dados atualizados em tempo real.

Conheça as funcionalidades do Nomus ERP Industrial em: Entenda como funciona o Nomus ERP Industrial

Quais são as vantagens da visão sistêmica?

Você já viu o que é visão sistêmica, qual é a sua importância e como desenvolvê-la. 

Além disso, pôde entender que ela é uma ferramenta que melhora consideravelmente os resultados, porque otimiza pessoal, atividades e custos. Mas afinal, quais as vantagens que o desenvolvimento desta habilidade pode trazer para a organização?

Estes são alguns benefícios da implementação da visão sistêmica na rotina da empresa: 

Aquisição de conhecimento constante 

Um olhar mais amplificado e técnico dos processos internos e externos trará, para os líderes, mais liberdade de ação e acertos na gestão e, para os colaboradores, espírito de equipe, produtividade e destaque.

Decisões mais assertivas

Uma vez que os profissionais com poder de decisão tenham amplificada a visão gerencial, as decisões e criação de estratégias ficam facilitadas, já que os gestores têm acesso a dados e informações sobre todo o complexo organizacional, conseguindo, assim, formular a combinação de mais desempenho/melhor resultado/menor tempo e, com isso, expandir os negócios.

Otimização da equipe

O olhar apurado do gestor identifica a necessidade de redução ou aumento da equipe e da reformulação de suas atividades.

Aumento da produtividade e da qualidade

O reconhecimento dos colaboradores como parte importante da organização os motiva para que interajam entre si, buscando qualificar suas atividades e melhorar os resultados do setor e, consequentemente, da empresa. Isso pode ser construído através de feedbacks e avaliações de desempenho.

Prevenção de erros operacionais

A técnica promove a motivação dos colaboradores, que trabalham com mais consciência do todo, concentração nas atividades e comprometimento com a empresa, fatores que reduzem, sensivelmente, o aparecimento de erros ou atrasos nas rotinas diárias. 

Receba mais conteúdos gratuitos

Agora que você já sabe o que é visão sistêmica, como desenvolvê-la e como ela pode ser benéfica para a sua empresa, chegou a hora de colocar em prática!

Aprenda muito mais sobre o mundo empresarial e industrial, se mantendo atento aos conteúdos do Blog Industrial. Você pode se inscrever na lista de emails e acompanhar a Nomus nas redes sociais:

Chão de fábrica

2 Comentários

  1. Marcio Lima disse:

    Excelente conteúdo. Parabéns!

  2. Gabriel disse:

    Só faltou as referências…

Participe! Deixe o seu comentário agora mesmo: