Canvas: significado, como fazer e download de exemplo

Atualizado em 18/12/20 - Escrito por Thiago Leão na(s) categoria(s): Estratégia

Gestão financeira

Canvas, ou business model canvas, é uma ferramenta visual para ajudar a organizar ideias sobre um negócio. Assim é possível criar um modelo de negócio fácil de ser consultado e atualizado.

O método mais tradicional de planejar um novo negócio é através do plano de negócios. Nele, o gestor detalha tudo sobre o futuro do negócio e como devem trabalhar para alcançar o sucesso desejado.

O problema é que por ser um documento complexo, na maioria das vezes o plano de negócios acaba parando na gaveta e raramente é consultado.

Então desenvolveram uma ferramenta muito mais simples e visual, na qual é possível desenhar o seu modelo de negócios respondendo a algumas perguntas importantes, o Canvas.

A palavra canvas significa tela e é exatamente isso que a ferramenta é: um quadro em que você descreve a essência do negócio e todos os pontos necessários para o seu funcionamento.

Ele pode ser usado tanto para quem quer iniciar uma nova empresa, quanto para os que desejam abrir um novo setor em uma empresa já existente.

Esse é o quadro canvas:

Quem pode usar o Canvas?

O modelo Canvas pode ser utilizado em indústrias que ainda estão sendo projetadas como também em fábricas que já possuem muitos anos de história.

A ferramenta pode ser utilizada em fábricas já estabelecidas para lançar novos produtos, modificar o modelo de negócios, alcançar diferentes públicos e mercados ou para ter uma visão geral da atual situação da empresa.

Qual a importância do Canvas para as indústrias?

O Canvas é importante para fornecer uma visão mais clara dos novos e atuais projetos da empresa.

Dessa forma a ferramenta consegue guiar o gestor a alcançar produtos que entreguem mais valor aos clientes e assim sejam mais competitivos, com maior chance de serem aceitos pelo mercado.

Sem montar um Canvas os gestores podem acabar se perdendo em seus novos projetos, dificultando a entrada em novos mercados e o lançamento de novos produtos.

Como é a estrutura do canvas business model?

O canvas é composto por 9 blocos que se relacionam entre si e precisam estar bem relacionados.

o canvas é divido em duas partes:

  • O lado direito corresponde aos aspectos mais emocionais e subjetivos do negócio, como a proposta de valor e o relacionamento com os clientes.
  • O lado esquerdo é focado no racional do negócio, ou seja, com a operacionalização do negócio.

Para garantir que todas as informações funcionem em conjunto, é recomendado preencher usando uma ordem lógica.

1º Bloco: Segmento de clientes

O primeiro bloco que você deve preencher é o segmento de clientes.

Nesse bloco é preciso definir qual ou quais são os públicos que o negócio deseja atender. Lembre-se apenas que quem quer atender a todos, acaba não atendendo ninguém.

Faça uma segmentação do público e personas que o seu negócio deve atingir.

Busque responder as perguntas:

  • Para quem isso irá criar valor?
  • Quem serão os meus principais clientes?
  • É possível segmentá-los e agrupá-los?

2º Bloco: Proposta de valor

O segundo bloco que deve ser preenchido no seu canvas é a proposta de valor.

A proposta de valor nada mais é do que você deseja entregar a esses clientes.

Lembre-se que aqui devemos ir muio além de definir produtos ou serviços. É preciso definir a razão pela qual esse cliente irá adquirir seus produtos ou serviços.

Pense em qual é a verdadeira necessidade dessas pessoas ou empresas e quais os problemas que você pode resolver com o seu produto ou serviço.

Busque responder as seguintes perguntas:

  • Que valores entregarei para os meus clientes?
  • Quais problemas ajudarei a resolver?
  • Que necessidades dos clientes estão sendo entregues?

3º Bloco: Canais

Nessa etapa você precisa definir de que forma seus produtos e serviços chegarão até seus clientes.

Por exemplo, seu produto será entregue via:

  • Distribuidores
  • Atacados
  • Venda direta
  • Internet
  • Revendedores

Vale lembrar que quanto mais fácil for encontrar o seu produto ou serviço, melhor ele será para seus clientes.

4º Bloco: Relacionamento com clientes

Nesse ponto você precisa definir as estratégias para aumentar as suas vendas, conquistar clientes e mantê-los fieis ao seu negócio.

É importante que entenda quais são os hábitos e as necessidades dos seus clientes para assim conseguir se comunicar com eles de uma forma eficaz.

Por exemplo, você irá desperdiçar dinheiro se colocar um anúncio na internet para um público que normalmente não acessa a rede. Nesse caso seria melhor buscar onde eles estão e que tipo de canal seria capaz de alcançá-los.

5º Bloco: Fluxo de receita

Aqui você define como será a entrada do dinheiro no negócio, ou seja, como e quanto os seus clientes irão pagar pelo produto ou serviço que está oferecendo.

Busque responder as perguntas:

  • Qual é o valor que os meus clientes estariam dispostos a pagar pelos serviços e produtos que irei oferecer?
  • Pelo que e quanto eles pagam atualmente?
  • Qual a forma de pagamento favorita deles?

Com isso terminamos o lado direito do canvas. Ou seja, o aspecto mais emocional e subjetivo do seu negócio.

Agora é hora de partir para as questões racionais e práticas.

6ºBloco: Recursos principais

Aqui é preciso definir quais são os recursos necessários para que seu negócio possa entregar ao seu cliente a sua proposta de valor.

De forma resumida, os recursos principais são tudo que você precisa para fazer o negócio funcionar.

É necessário listar 4 tipos de recursos:

  • Recursos físicos – como local, equipamentos, ferramentas, móveis;
  • Recursos intelectuais – conhecimentos e habilidades que a sua equipe precisa dominar;
  • Recursos humanos – qual equipe você precisa para o negócio funcionar;
  • Recursos financeiros – o valor em dinheiro necessário para o negócio entrar em operação.

7º Bloco: Atividades principais

No sétimo bloco você deve listar as ações mais importantes e necessárias para o funcionamento do seu negócio.

Aqui são listadas desde as atividades relacionadas diretamente a produção do produto até as tarefas administrativas.

Para preencher esse bloco, não esqueça de consultar os blocos preenchidos anteriormente:

  • proposta de valor
  • canais
  • Relacionamento com clientes
  • fontes de receita

8º Bloco: Parcerias principais

Aqui você deve listar os principais parceiros que irão ajudar o seu negócio a tirar as ideias do papel e transformá-lo em realidade.

É preciso listar fornecedores e outras empresas que podem ajudá-lo a executar todas as tarefas com sucesso.

9º Bloco: Estrutura de custos

Neste bloco você identifica todos os custos necessários para entregar a proposta de valor aos seus clientes.

Ou seja, é preciso determinar qual é o custo da operação do negócio, sejam diretos ou indiretos.

Revise o seu canvas

Quando terminar de preencher seu canvas, é preciso de passar por uma etapa muito importante do processo, a revisão.

Verifique se está tudo fazendo sentido e se é necessário acrescentar algum detalhe que pode ter esquecido.

Busque responder as perguntas:

  • A proposta de valor que defini atende as dores do segmento de clientes que escolhi?
  • Os canais selecionados conseguem de fato entregar essa proposta de valor a eles?
  • Eu tenho parceiros e fornecedores que podem me entregar os recursos necessários para o negócio funcionar?
  • Os custos serão cobertos pela receita planejada?

Caso algo não esteja se encaixando corretamente, aproveite para pensar em soluções criativas para o seu negócio. Muitas vezes nesse momento em que as ideias mais criativas aparecem.

Dicas para ter um bom Canvas business model

Aqui estão algumas dicas práticas para montar o Canvas perfeito para o seu negócio:

Dica canvas 1

Muitos gestores imprimem um grande quadro canvas e usam adesivos post-it para preencher os blocos.

Isso dá mais flexibilidade na hora de fazer mudanças e mantém o canvas sempre atualizado.

Dica canvas 2

Aplique o canvas mesmo se você ainda não pensou totalmente no seu novo negócio.

Essa ferramenta pode ajudá-lo a montar as ideias e preencher as informações que ainda faltam.

Lembre-se que não é necessário preenche-lo de uma única vez.

Dica canvas 3

Todo negócio muda ao longo do tempo. Por isso, mantenha o seu canvas atualizado para garantir que todos estão trabalhando com os objetivos alinhados.

Inscreva-se no Blog Industrial e receba mais artigos

Se você gostou dessa explicação do Canvas Business Model, inscreva-se no blog industrial e receba as novas postagens toda semana no seu email.

Software ERP Para controle da producao

Compartilhe esta matéria:


Tags: ,




3 Comentários

  1. EXPEDITO SOUSA BARBOSA says:

    Gostaria de receber informações

  2. EXPEDITO SOUSA BARBOSA says:

    Receber informações

Participe! Deixe o seu comentário agora mesmo: