Como conseguir um estágio em Engenharia de Produção

Atualizado em 25/06/18 - Escrito por Thiago Leão na(s) categoria(s): Produção / Recursos Humanos

Curso gratuito de White Belt em Lean Seis Sigma

A vida acadêmica de um estudante passa por uma etapa imprescindível: o estágio. Conseguir uma boa oportunidade pode parecer complicado e é preciso ficar atento para chegar a esse objetivo. Neste artigo vamos mostrar o que os profissionais procuram em candidatos que buscam um estágio em Engenharia de Produção.

Nossa série, Papo de Produção, tem como objetivo tratar de uma maneira eficiente as questões e assuntos relacionados a gestão das indústrias. Desta forma, um leitor do Blog Industrial Nomus entrou em contato para que tratássemos de uma dúvida, através do nosso canal no Youtube.

Convidamos você a também entrar em contato no caso de dúvidas no ramo de gestão industrial. Será um prazer ajudar em sua compreensão criando materiais no Papo de Produção.

A interação surgiu a partir de dois espectadores. Confira:

Lucas: Estou no 5 período de engenharia de produção. Faz um vídeo de como conseguir estágio, qual o perfil de um estagiário. o mercado está contratando muito engenheiro de produção mais como analista de uma empresa, com isso a remuneração não é dignina de um engenheiro que estudou 5 anos. oque fazer pra ser contratado como engenheiro de produção e não analista?

Bruno: Na minha visão, a situação econômica do país nos últimos 3 anos é o principal fator para os baixos salários, visto que muitos postos de emprego foram fechados, enquanto forma-se cada vez mais engenheiros. Então, é claro, que a demanda por profissionais qualificados diminuiu, e por consequência os salários também.

Respondendo

Por sua vez, nosso engenheiro responsável tratou de responder diretamente os espectadores:

Lucas, cerca de quinze anos atrás eu estava terminando minha graduação em engenharia de produção e fazendo estágio em uma multinacional fabricante de cosméticos. Na época eu tive duas oportunidades de efetivação e ambas eram como analista.

Eu cheguei a pensar em abraçar uma delas, mas alguma coisa me puxou para o lado empreendedor e fui trabalhar como consultor independente para pequenas indústrias antes de fundar a Nomus.

Na minha opinião, não deveria fazer diferença nenhuma o nome do cargo: estagiário, analista, engenheiro. O importante é você buscar autonomia para gerar resultados. E ao gerar resultados, você vai ser valorizado. Não tem muito para onde fugir. Infelizmente vejo muitas pessoas mais preocupadas com a chegada da sexta-feira do que em aproveitar o dia a dia no trabalho, curtindo o que faz e buscando gerar resultados.

Por isso, quando alguém abraça uma oportunidade e dá o sangue por ela, essa pessoa se destaca. Quantas histórias você já ouviu do office boy que virou diretor? Eu conheci pessoalmente em um curso que fiz há cerca de 2 meses um cara nessa situação: ele entrou na empresa como office-boy há mais ou menos 10 anos e hoje é diretor.

Ou seja, se você quiser crescer, esquece isso de ter que começar como engenheiro. Se tem oportunidade como analista, começa como analista. Você é engenheiro e tem bagagem conceitual para gerar resultados de um engenheiro. Dá o sangue, procure um propósito no trabalho que você faz e em pouco tempo você vai se destacar.

Atitude para vencer

Hoje vemos muitas pessoas reclamando das circunstâncias, dizendo que “ninguém contrata engenheiro”. Você não pode mudar o mercado, deve se adequar a ele. Preocupe-se naquilo em que você pode controlar: dê o seu melhor!

A importância de um profissional da engenharia de produção é enorme, então se uma empresa tem em seu plano de carreira contratar o estagiário, efetivá-lo como analista, desenvolvê-lo na função, para chegar até um cargo de gerência, será difícil mudar essa realidade. Ao contratar como engenheiro existem regras que direcionam as empresas a pagarem salário mínimo referente a tal cargo. Tire o foco disto, pois será muito difícil mudar esse fato. Pare de reclamar e pensar que isso é um problema e foque nas verdadeiras adversidades de sua empresa, para resolvê-las e crescer.

Na minha empresa valorizo as pessoas que trazem soluções.  Se você fizer isso estará dando mais de 100%.

Perfil de um estagiário

Traçar o perfil ideal de um estagiário é uma tarefa complexa. Conseguir um estágio depende do local onde está, entre outras questões. Busque boas oportunidades, participe de processos seletivos em sua região.

Hoje, com as redes sociais, fica cada vez mais fácil procurar bons estágios para se candidatar. Mesmo que não tenha experiências para colocar em seu currículo, não se assuste, vá até as entrevistas e mostre como quer crescer junto a empresa.

Uma outra forma é procurar empresas que possam te interessar, bater na porta e mostrar interesse em ingressar como estagiário. Esse tipo de interesse costuma chamar a atenção, com uma abordagem presencial. Se você se esforçar terá resultados.

Esperamos te ajudar

Nós que agradecemos a confiança. Espero de coração, que possa ter contribuído para você e todos que puderam acompanhar. Veja também uma demonstração do ERP Industrial da Nomus, o sistema de gestão especializado em indústria desenvolvido pela Nomus.

Nomus ERP Industrial

Compartilhe esta matéria:


Tags: ,


Engenheiro Mecânico Industrial formado na UERJ e especialista em implantação de sistemas de gestão Industrial na Nomus. Thiago já atuou em fábricas de diversos setores, como: Embarcações, perfuração submarina, metal-mecânica, materiais de escritório, alimentício, cosméticos e tubulação.


Participe! Deixe o seu comentário agora mesmo: