Planejamento de produção: conceito, etapas, como fazer e exemplo

Atualizado em 8/02/21 - Escrito por Thiago Leão na(s) categoria(s): Produção

O planejamento de produção é uma das primeiras etapas do PCP e é um conjunto de atividades para planejar todo o período produtivo de uma indústria, determinando o que produzir, quando, quanto, onde, como e para quem.

Este planejamento tem como objetivo alinhar a demanda da empresa e a linha de suprimento necessária para garantir que a produção aconteça de forma eficaz, mantendo a fábrica operando de forma eficiente e os clientes bem atendidos.

Com isso a fábrica pode evitar diversos problemas, como por exemplo:

  • Paradas na produção
  • Atrasos nas entregas
  • Problemas com fornecedores
  • Perdas e desperdícios na produção

Então para auxiliar sua empresa a começar a planejar a produção e assim reduzir esses problemas, montamos esse artigo completo sobre planejamento de produção, confira:

O que é planejamento de produção (conceito)

Como falei anteriormente, o planejamento de produção é o conjunto de atividades que planeja qual será a produção da fábrica em determinado período.

Seu objetivo é alinhar a demanda da fábrica com toda a gestão de suprimentos da empresa, garantindo assim que a produção funcione conforme o esperado.

Além disso, o planejamento traz previsibilidade para a fábrica, já que é possível adequar a capacidade produtiva de acordo com a demanda do período.

Esse planejamento pode ser feito de longo, médio ou curto prazo e com objetivos diferentes, sendo eles:

  • Curto prazo: previsões de demanda, ajustes no planejamento, atende os objetivos operacionais.
  • Médio prazo: previsões de demanda desagregada, determinação de contingência e recursos, atende os objetivos financeiros e operacionais.
  • Longo prazo: previsões de demanda agregada e atende os objetivos financeiros de longo prazo da empresa.

E por que o planejamento de produção é importante?

O planejamento é fundamental para que a indústria possa operar de forma eficiente e consiga atender a demanda do período dentro do prazo.

Uma fábrica sem planejamento da produção acaba enfrentando problemas comuns como:

  • Falta ou sobra de materiais;
  • paradas na produção;
  • baixa produtividade;
  • desperdícios e perdas em geral;
  • desmotivação da equipe.

Vale ressaltar que o planejamento é feito baseado nas expectativas e previsão de vendas da empresa, mas isso pode acabar mudando na prática e é necessário o controle da produção para realizar os ajustes necessários.

Para ilustrar ainda mais, aqui estão alguns dos benefícios diretos em um bom planejamento de produção, confira:

Benefícios do planejamento da produção

Existem cinco grandes benefícios em realizar um bom planejamento da produção, sendo eles:

1. Produção sem paradas

Começando a lista dos benefícios do planejamento de produção está a redução ou eliminação da produção parada.

É claro que imprevistos acontecem e eventualmente podem acabar parando ou desacelerando sua produção. Entretanto, você pode reduzir drasticamente as paradas na produção com um bom planejamento de produção.

O planejamento de produção é capaz de evitar problemas como por exemplo:

  • Equipe parada esperando informações
  • Equipe para esperando materiais
  • Máquinas paradas esperando materiais

2. Entregas no prazo

Com um bom planejamento de produção sua indústria será capaz de determinar prazos precisos para seus clientes.

Isso é ótimo para aumentar a satisfação dos clientes e melhorar sua credibilidade.

Indústrias que não planejam a produção, frequentemente acabam atrasando pedidos e perdendo clientes.

Veja também: NPS (Net Promoter Score): o que significa, como calcular e como aplicar

3. Redução de problemas com fornecedores

Continuando a lista de benefícios do planejamento de produção está a redução de problemas com fornecedores.

Ou seja, com um bom planejamento é possível fazer análises e previsões quanto aos prazos, a qualidade e a disponibilidade dos fornecedores da sua fábrica.

4. Redução de desperdícios

Ao reduzir o tempo de máquinas e operadores parados e matérias primas com problema ou atraso, sua indústria estará reduzindo os desperdícios e economizando dinheiro.

5. Materiais na quantidade certa

Com um bom planejamento de produção sua indústria estará mais preparada para trabalhar com níveis de estoque de matéria prima ideais.

Ou seja, você é capaz de determinar de forma mais precisa quanto material precisará comprar para atender a atual demanda de seus clientes e do mercado.

eBook – PCP: o que é o planejamento e controle da produção

Para um texto ainda mais completo sobre o planejamento e controle da produção, recomendo que baixe o nosso ebook gratuito em PDF.

Para baixar, basta clicar na imagem ou botão abaixo:

Como fazer e etapas do planejamento de produção

Existem algumas etapas básicas que compõem o planejamento de produção, sendo elas:

  • Previsão de demanda;
    • Abordagem qualitativa;
    • Abordagem quantitativa;
  • Planejamento de capacidade.

Para entender melhor, irei explicar brevemente o funcionamento de cada uma delas, confira:

Etapa de previsão de demanda

A primeira etapa do planejamento é traçar uma previsão de demanda esperada em determinado período. Ou seja, a sua empresa faz um estudo do mercado para entender o que acontecerá no período escolhido.

Por exemplo, se a fábrica está pensando em lançar uma linha de protetores solares, é possível realizar uma previsão de demanda maior durante o verão e menor no inverno.

É possível fazer essa previsão de duas formas, com uma abordagem qualitativa e/ou quantitativa.

  • Na abordagem qualitativa a sua empresa não analisa números, ao invés disso são feitas entrevistas com clientes e potenciais clientes do seu produto para entender seus anseios e possibilidades de compra. Esse método é recomendado para empresas menores ou que estão iniciando um novo produto.
  • Já na abordagem quantitativa são estudados os números do histórico da empresa e de pesquisas. Por exemplo, dados de vendas de períodos anteriores, sazonalidades de produtos, pesquisa de mercado etc.

Etapa do plano de produção

Com a previsão levantada chegou a hora de determinar o que produzir, quanto produzir e quando produzir para atender a demanda de cada período.

Para isso a sua indústria deve fazer um plano mestre de produção (pmp) e assim detalhar melhor qual será o plano de produção da empresa no período.

MRP

Com os produtos que serão produzidos planejados, é preciso explodir isso na lista de materiais necessárias para fabricá-los, incluindo produtos em processo.

Ou seja, o MRP serve para ajudar a calcular a necessidade de materiais e produtos em processo no período determinado. A ideia é o gestor saber o que precisa ser comprado, quando será essa compra e qual a quantia necessária para atender a produção.

O que, quando e quanto precisa ser comprado?

Etapa de planejamento da capacidade

A capacidade produtiva da empresa é quanto a empresa pode produzir. Por isso o gestor também precisa planejar a capacidade produtiva da fábrica afim de otimizar a produção e evitar desperdícios de materiais, máquinas e mão de obra.

Caso a fábrica não tenha a capacidade produtiva necessária para atender a demanda prevista na previsão de vendas, a empresa pode ter problemas para atender seus clientes.

É por isso que é importante planejar se a fábrica será capaz de atender os períodos de maior pico e se consegue manter a equipe gerando resultados durante os períodos de baixa.

É preciso se atentar a pontos como:

  • Mão de obra qualificada
  • Capacidade instalada (de máquinas)
  • Matéria-prima
  • Recursos financeiros para investimento

Exemplo de sistema para o planejamento de produção

Para colocar o planejamento de produção em prática o ideal é que a sua empresa possua um ERP capaz de auxiliar a sua equipe com cada passo do planejamento.

Como exemplo, irei mostrar algumas telas do Nomus ERP Industrial e como você pode fazer o planejamento da sua produção utilizando a ferramenta.

Além disso, recomendo que assista uma demonstração do ERP para entender melhor como ele funciona e se ele pode ajudar a sua empresa.

Vamos lá:

Previsão de vendas

Com o sistema é possível fazer um cálculo da previsão de vendas dos produtos a partir da análise histórica dos pedidos de venda.

Dessa forma a geração quantitativa da previsão de vendas pode ser automatizada e mais confiável.

Plano de produção

O Nomus ERP Industrial também permite que sua equipe faça um cálculo do plano de produção a partir da análise da previsão de vendas, dos pedidos de venda em carteira e do saldo atual do estoque de produtos.

Dessa forma é possível saber exatamente o que produzir, quanto produzir, para quando produzir, para manter seus níveis de estoque equilibrados de forma automática e mais confiável do que cálculos feitos a mão ou em planilhas.

MRP

Assim como o plano de produção, o sistema também é capaz de fazer o cálculo do MRP a partir da análise do plano de produção, empenhos de materiais, pedidos de compra e saldo atual em estoque de produtos.

Dessa forma sua equipe pode saber exatamente o que comprar, quanto comprar, para quando comprar, para manter seus níveis de estoque equilibrados.

CRP – Planejamento da necessidade de capacidade

Por fim, o sistema é capaz de realizar o cálculo do CRP integrado ao planejamento e controle da produção. Dessa forma a sua equipe consegue identificar gargalos no processo produtivo.

Nomus ERP Industrial

Compartilhe esta matéria:


Tags:




Participe! Deixe o seu comentário agora mesmo: