Indicadores de desempenho: o que são, como montar e como medir

Atualizado em 6/07/20 - Escrito por Thiago Leão na(s) categoria(s): Processos e Organização

Administração da produção

Os indicadores de desempenho são métricas usadas para medir a performance das decisões e ações que a sua empresa está tomando para alcançar as metas definidas no período.

O objetivo é entender como está o desempenho de determinadas áreas, pessoas e máquinas para saber se estão dentro do padrão esperado e se de fato conseguirão alcançar as metas.

Sem indicadores de desempenho a empresa não sabe bem como está a performance das suas ações e pode acabar o período com um desempenho abaixo do esperado.

Nesse artigo vamos ver como os indicadores de desempenho funcionam, como montar os seus e como utilizar um sistema para medir o desempenho da sua empresa. Vamos lá:

O que são indicadores de desempenho

Como disse anteriormente, os indicadores de desempenho são métricas que as empresas utilizam para medir a performance das ações que estão realizando em um determinado período.

Eles servem para saber se a empresa está indo na direção certa e conseguirá cumprir as metas ou se algo está errado e é necessário um ajuste no processo.

Mas atenção, antes de começar a montar os seus indicadores de desempenho, é importante definir metas e objetivos para sua empresa no planejamento estratégico.

Depois disso, você poderá definir ações para sua equipe e então montar indicadores de desempenho para medir o resultado da equipe nessas ações.

Como montar seus indicadores de desemepenho

Nós escrevermos um artigo explicando passo a passo como criar indicadores de desempenho usando 6 passos.

Irei resumir aqui esses passos para que você possa montar seus indicadores de desempenho de forma rápida e descomplicada:

Passo 1: indicador deve medir o que realmente importa

Um erro comum é querer criar indicadores complexos que medem cada detalhe das ações da empresa.

Isso é ruim porque você acha que nunca está bom e atrapalha a sua equipe, já que perderão muito tempo criando e analisando dados.

Então o ideal é começar simples, medido o que realmente importa, ou seja, nas principais dores do seu negócio.

Passo 2: use metas que motivem a sua equipe

O correto é que a sua empresa possua uma meta para cada indicador.

Sendo assim, é preciso definir metas para sua equipe e isso pode ser desafiador para líderes de equipes.

É preciso definir metas que nem sejam altas demais e nem baixas demais, já que ambas podem desmotivar a sua equipe.

Passo 3: determine um responsável por cada indicador

Para que os indicadores de desempenho da sua empresa funcionem de verdade, é preciso definir um responsável para cada um deles.

Quando existe um responsável, você tem a certeza que ele irá motivar a equipe para alcançar as metas definidas.

A dica é nunca definir mais do que um responsável, já que pode acabar um culpando o outro caso as coisas deem errado.

Passo 4: Monitore e responda aos dados dos seus indicadores

Os indicadores servem justamente para sua empresa agir caso algo esteja errado.

Portanto, monitore os seus resultados regularmente e tome decisões baseadas neles.

Não espere o período acabar para ajustar as estratégias da empresa.

Passo 5: envolva a sua equipe com os indicadores

É preciso envolver a equipe nos indicadores, fazendo uma gestão transparente, onde eles podem entender a performance da empresa.

Isso faz com que eles se envolvam com a causa e busquem melhorar para alcançar os resultados determinados.

Passo 6: use um software para medir os indicadores

Se a ideia é justamente melhorar os resultados, não faz sentido que a sua equipe perca tempo juntando dados e preenchendo planilhas manualmente.

O ideal é que você possua um sistema ERP que seja capaz de medir o desempenho das diferentes áreas da sua equipe automaticamente.

Dessa forma você terá resultados precisos e rápidos para monitorar e moldar as ações da sua empresa.

Quais são os indicadores de desempenho mais comuns

Entre as empresas, os indicadores de desempenho mais comuns, são:

  • Indicadores de produtividade
  • Indicadores de estratégia
  • Indicadores de qualidade
  • Indicadores de capacidade

Dentro destes grupos, as empresas podem usar indicadores mais específicos, focados em cada ação da empresa.

Alguns exemplos, são:

  • Qtde produzida – Evolução mensal no setor produtivo – Metodologia de cálculo: Somatório da quantidade apontada no setor produtivo
  • Taxa de ocupação de recursos – Evolução mensal – Metodologia de cálculo: (Somatório do tempo apontado no recurso) / (Capacidade disponível do recurso)
  • Eficiência – Evolução mensal – Metodologia de cálculo: (Somatório do tempo padrão equivalente a quantidade apontada no setor produtivo) / (Somatório do tempo real apontado no setor produtivo)
  • OEE – Evolução mensal por recurso – Metodologia de cálculo: (Somatório do tempo padrão equivalente a quantidade apontada no recurso) / (Capacidade disponível do recurso)
  • Qtde produzida – Evolução mensal no setor produtivo – Metodologia de cálculo: Somatório da quantidade apontada no setor produtivo
  • Análise de Qtde produzida por recurso
  • Evolução mensal da Qtde produzida por recurso
  • Análise de Qtde produzida por funcionário
  • Análise de Qtde produzida por produto
  • Atraso médio em dias – Evolução mensal
  • Atraso médio global – Evolução mensal
  • Lead time de fabricação da ordem – Evolução mensal
  • Lead time de fabricação – Análise de médias

Sistema para montar e acompanhar indicadores de desempenho

Existem diferentes sistemas capazes de montar indicadores de desempenho com facilidade para sua empresa.

Entretanto, recomendo algum que possua integração com as demais áreas da sua empresa. Isso porque se não houver uma integração, sua equipe precisará alimentar os dados manualmente e isso abre espaço para erros e desatualizações.

o Nomus ERP Industrial possui um módulo completo de indicadores de desempenho que é integrado a produção e outras áreas administrativas da empresa.

É possível ver indicadores de desempenho interativos do Nomus ERP Industrial nessa página. Da mesma forma em que esses indicadores foram exportados para o site da Nomus, você pode exportar os seus para que a sua equipe acompanhe o desempenho do trabalho em tempo real.

Recomendo que assista uma demonstração da ferramenta para entender como você pode criar e acompanhar seus próprios indicadores de desempenho no Nomus ERP Industrial.

Fique a vontade também para se inscrever no Blog e assim receber conteúdos como esse semanalmente na sua caixa de email.

Nomus ERP Industrial

Compartilhe esta matéria:


Tags:


Engenheiro Mecânico Industrial formado na UERJ e especialista em implantação de sistemas de gestão Industrial na Nomus. Thiago já atuou em fábricas de diversos setores, como: Embarcações, perfuração submarina, metal-mecânica, materiais de escritório, alimentício, cosméticos e tubulação.


Um comentário

  1. Marco Garcia says:

    Gostei muito das informações recebidas.

Participe! Deixe o seu comentário agora mesmo: