Meritocracia: o que é e como implantar na sua empresa

Atualizado em 13/01/20 - Escrito por Thiago Leão na(s) categoria(s): Processos e Organização

Guia

A meritocracia é uma forma de gestão de pessoas que premia os colaboradores com o melhor desempenho no período.

Como esse é um tema um tanto quanto polêmico, gostaria de deixar claro que o objetivo desse texto é abordar a meritocracia nas empresas.

Ou seja, o objetivo é entender a meritocracia como ferramenta de gestão para motivar os funcionários e impulsionar os resultados do negócio.

Nesse texto você vai entender:

  • O que é meritocracia?
  • Qual a importância da meritocracia nas empresas?
  • Vantagens e desvantagens em implantar a meritocracia na sua empresa
  • Como implantar a meritocracia na sua empresa

Então vamos lá entender como esse tipo de gestão pode beneficiar a sua empresa, confira:

Meritocracia

O que é meritocracia?

O termo foi criado pelo sociólogo Michael Young em seu livro The rise of the meritocracy lançado em 1958.

Entretanto, o objetivo desse artigo é focar na meritocracia para o âmbito empresarial. Sendo assim, o foco é utilizar a meritocracia como opção de gestão.

Sendo assim, a meritocracia nas empresas é um método de gestão focado em distribuir bonificações para os funcionários com melhor desempenho.

Alguns exemplos de indicadores da meritocracia são funcionários que:

  • Alcançaram ou superaram as metas do período;
  • geraram mais resultados em comparação com os demais;
  • tiveram menor número de faltas, atrasos etc.

Com isso os funcionários podem receber:

  • Bônus na remuneração;
  • prêmios diversos;
  • promoções a cargos mais elevados.

Sendo assim os funcionários que mais produzem resultados para a equipe e para empresa, são os funcionários que mais recebem bônus, prêmios e promoções.

Qual a importância da meritocracia nas empresas?

Anteriormente vimos como a meritocracia pode ser boa para os funcionários que apresentam os melhores desempenhos.

Agora vamos ver qual a importância da meritocracia para as empresas que a implantam.

A principal vantagem é a motivação e aumento da produtividade geral da equipe, que teoricamente irá se esforçar para alcançar as metas e indicadores.

Sendo assim, se a empresa conseguir manter uma competição saudável dentro da equipe, é possível que todos cresçam e assim o resultado geral da empresa também cresce.

Além disso, reduz a rotatividade da equipe, já que os funcionários se sentem motivados, reconhecidos e de fato vestem a camisa da empresa.

Listando as vantagens da meritocracia de forma resumida:

  • Aumentar a produtividade da equipe
  • Aumentar a motivação da equipe
  • Aumentar o alinhamento da equipe com os objetivos da empresa
  • Fornece oportunidade de crescimento na empresa para a equipe
  • Diminuir a rotatividade de funcionários

É claro que nem tudo são mar de rosas, é preciso atenção ao aplicar a meritocracia e por isso vamos ver agora as vantagens e perigos de implantar a metodologia, confira:

Perigos da meritocracia caso não for bem implementada

Agora vamos aos perigos da meritocracia, já que se não for bem implantada, pode afetar a gestão como um todo.

Além de ser um termo controverso, no âmbito empresarial a meritocracia apresenta os seguintes perigos se não for bem implantada:

  • Redução do trabalho em equipe em prol do individualismo
  • Redução da moral dos funcionários que não forem beneficiados

Para funcionar bem, a meritocracia deve ser implantada de forma planejada e deve ser mantida em constante manutenção pelos gestores.

Como implantar a meritocracia na sua empresa

Para implantar a metodologia, você precisará seguir alguns passos básicos:

  • Identificar quais promoções e benefícios sua empresa pode oferecer
  • Criar metas bem estruturadas e alcançáveis
  • Definir como vai medir o desempenho da equipe

Agora vamos detalhar cada passo:

Identificar quais promoções e benefícios sua empresa pode oferecer

Antes de pensar em distribuir bônus, promoções e outros benefícios, é preciso se certificar que a sua empresa pode de fato oferecer esses prêmios.

Estude o bem a atual situação da empresa e qual será o cenário caso as metas forem cumpridas.

Dessa forma você pode definir quais serão os benefícios do seu plano de meritocracia.

Criar metas bem estruturadas e alcançáveis

Agora é preciso definir quais serão as metas do ano

Alguns exemplos de indicadores para o chão de fábrica de uma indústria:

  • Quantidade produzida por funcionário;
  • Tempo produtivo apontado;
  • Tempo não produtivo apontado (Parada de máquina, manutenção, limpeza).

É importante também que defina medidores para o trabalho em equipe.

Definir como vai medir o desempenho da equipe

Com as metas e os prêmios definidos, é preciso agora determinar como você vai medir o desempenho da sua equipe.

Para isso você deve definir indicadores de desempenho quantitativos, ou seja, que apresentam o desempenho do funcionário de forma numérica.

Além disso, é possível definir medidores qualitativos, ou seja, que haverá um julgamento mais subjetivo feito pelo gestor em relação ao desempenho do colaborador.

Para os indicadores quantitativos, você pode utilizar um sistema de gestão como o Nomus ERP Industrial para medir a produtividade dos funcionários da fábrica.

Confira a tela de ranking de funcionários do chão de fábrica no sistema:

O que evitar

Para evitar problemas na implantação da meritocracia na sua empresa, é importante evitar alguns pontos importantes:

  • Avalie apenas o lado profissional. Nunca utilize indicadores que não estejam diretamente envolvidos com a empresa.
  • Defina metas claras. Isso evita injustiças e desconfianças por parte da sua equipe.
  • Defina metas realistas. Caso a meta seja inalcançável, ninguém tentará de verdade.
  • Avalie o desempenho de forma confiável. Utilize métodos e ferramentas para avaliar o desempenho da sua equipe de maneira segura e confiável.

Siga a Nomus para melhorar a gestão da sua indústria

Aqui na Nomus publicamos novos artigos semanalmente e você pode se inscrever em nossa lista para receber esse material por email.

Recomendo que siga também no Facebook e Linkedin, para assim não perder as novidades do blog.

Além disso, fique a vontade para assistir uma demonstração do Nomus ERP Industrial e veja na prática como sua indústria pode otimizar processos e melhorar os resultados.

Software ERP Para controle da producao

Compartilhe esta matéria:


Tags:


Engenheiro Mecânico Industrial formado na UERJ e especialista em implantação de sistemas de gestão Industrial na Nomus. Thiago já atuou em fábricas de diversos setores, como: Embarcações, perfuração submarina, metal-mecânica, materiais de escritório, alimentício, cosméticos e tubulação.