6 dicas práticas para aumentar a produtividade da equipe da sua fábrica

Atualizado em 29/10/20 - Escrito por João Pimenta na(s) categoria(s): Processos e Organização / Produção / Recursos Humanos

Chão de fábrica

Durante seu projeto é importante se preocupar com a forma com que a ruptura da rotina irá afetar a produtividade da sua equipe.

A implantação de um novo sistema pode sobrecarregar a equipe designada ao projeto, já que as suas rotinas originais serão mantidas. Por isso, é essencial considerar esse fator em seu planejamento/cronograma e, mais importante, se preocupar com isso durante o início do projeto.

Gestores, supervisores ou líderes se preocupam com esse fato todos os dias e, sem dúvida, precisamos nos preocupar também em novos projetos. Por  conta disso, preparei algumas dicas para auxiliar no aumento da produtividade da sua equipe frente a novos desafios, que no nosso caso seria um projeto de implantação de sistema que representa claramente uma ruptura da rotina para inserção de outra. Confira:

1. Não sobrecarregar os colaboradores

Normalmente, trabalhar demais gera mais trabalho, já que a produtividade do recurso (pessoa) diminui com o tempo.

Ocorre um pico de produtividade até determinado momento em que se inicia o cansaço mental e a desmotivação. Nesse ponto, a produtividade despenca.

Gestores devem sempre se preocupar em não sobrecarregar a lista de atividades pendentes dos recursos. Estima-se que o ideal de atividades pendentes seja entre 3 e 5 atividades para garantir um maior foco durante a realização dessas tarefas.

É importante que as demandas prioritárias sejam definidas para auxiliar o foco dos recursos que serão responsáveis por realizá-las.

De maneira geral, o cérebro é mais preparado para focar em uma única atividade por vez.

2. Trabalhar com metas factíveis

Essa dica está intrinsecamente associada à anterior. Trabalhar com datas ilógicas força muito o recurso, diminuindo naturalmente sua produtividade.

Essa diminuição de produtividade pode vir de diversas maneiras, entre elas:

  • Diminuição da moral da equipe por não alcançar os objetivos;
  • Fazer com que os colaboradores trabalhem demais (dica 1);
  • Desmotivação antecipada (acreditar que não irá conseguir atingir a meta antes de iniciar).

É preciso tomar cuidado para não confundir a definição de metas desafiadoras com metas impossíveis. Metas desafiadoras são ótimas e ajudam a separar os bons dos melhores.

Sempre que possível, tente estimular a equipe, bonificar os melhores e definir métricas justas para medição do desempenho dos funcionários.

Veja também: 15 ações para aumentar a produtividade de uma indústria

3. Ninguém deve assumir tudo sozinho

Durante a implantação de um novo sistema, que culminará em uma nova rotina, é essencial exemplificar ao máximo para os novos usuários.

Simule todas as possibilidades de utilização, questione e entenda o essencial para a rotina dos novos utilizadores do sistema. Evite depender de alguém que resolva tudo para você. Evite que o seu projeto dependa de uma pessoa.

Além disso, não assuma todas as funções. Deixe claro se não estiver conseguindo avançar em determinada atividade e peça ajuda de pessoas de outras áreas. Acompanhe as equipes do projeto e as dificuldades de cada membro, envolva outras áreas na discussão, já que a dúvida pode ser a mesma em mais de um segmento.

Evite ver os problemas depois que a situação se tornou extrema. Correria e nervosismo atrapalham muito o andamento do projeto, lembre-se da dica 1.

Leia mais:

4. Evitar burocracia em excesso e inovar

A burocracia em excesso pode alienar o indivíduo ao seu próprio trabalho e torná-lo semelhante a uma máquina: repetitivo e sem criatividade.

Durante um projeto de implantação, nos vemos em um cenário de ruptura, com a criação de uma nova rotina para eliminar a antiga. A burocracia trava o colaborador e o prende aos processos com os quais já está acostumado, fazendo com que ele resista a mudanças.

É necessário quebrar paradigmas, questionar os motivos das atividades que são executadas, entender se precisam ter continuidade, e o mais importante: se precisam continuar sendo feitas exatamente da mesma forma ou de podem ser aprimoradas.

É importante passar para todos os utilizadores do sistema que a implantação é o momento de questionar, refletir e, sempre que possível, aprimorar todas as rotinas afetadas.

É de extrema importância trazer esse ponto de vista (consultor/fornecedor) e se apropriar dessa ideia para aproveitá-la ao máximo (cliente/usuário).

5. Motivar a equipe

Busque aproveitar os melhores recursos para a gestão do seu projeto. Delegue atividades e acompanhe o andamento de cada uma.

Os colaboradores que estiverem com um ótimo desempenho motivarão os outros. Reúna os envolvidos e apresente os resultados do trabalho, criando um ambiente consistente que motive o avanço do projeto.

Defina metas com base em indicadores de desempenho. Bonifique os melhores, use a implantação a seu favor e utilize ao máximo a gama de novas informações que está sendo gerada. Além disso, é de extrema importância buscar justiça na meritocracia, bonificando quem realmente merece.’

Seja paciente e trate seus colaboradores como quer ser tratado. Criar um ambiente de trabalho sóbrio e alegre gera vínculos para uma vida, além garantir a saúde e a produtividade da sua equipe.

Leia mais:

6. Superar os desafios

O projeto de implantação de um novo sistema de gestão é cheio de desafios. Dedique-se ao planejamento do projeto e acompanhe de perto todo o seu andamento para minimizar esses riscos.

Os principais recursos de um projeto desse tipo são pessoas que precisam ser incentivadas e geridas de forma participativa e motivadora. Abuse da comunicação e se mostre presente nas principais atividades e tomada de decisão do projeto.

Ser produtivo é algo que precisa ser trazido para sua vida! Antes de deixar sua equipe produtiva busque meios de se tornar cada vez mais produtivo!

Além disso, é necessário ter o melhor sistema para que a produtividade da sua fábrica seja cada vez maior e os outros setores tenham um grande crescimento e colaborem com o lucro da empresa. Você conhece o Nomus ERP? Com esse sistema é possível gerenciar vendas e faturamento, controlar o setor financeiro, os custos de produção e  a qualidade em sua totalidade, otimizar a produção, organizar suas compras e estoques e muitos outros benefícios. Agende uma demonstração gratuita e entenda como funciona na prática!

Nomus ERP Industrial

Compartilhe esta matéria:


Tags:




Participe! Deixe o seu comentário agora mesmo: