7 passos para o sucesso da gestão financeira da sua fábrica

Atualizado em 14/07/21 - Escrito por Pedro Parreiras na(s) categoria(s): Controle financeiro / Custos e Finanças

Gestão financeira

No empreendimento, a gestão financeira supre todas as áreas. Caso não tenha uma boa condução, prejudica o andamento de todos os outros setores. O empreendedor responsável número um deve assumir o cargo sendo capaz de perceber todas as demandas da gestão financeira.

A gestão financeira deve exercer as seguintes funções:

  • Progredir os resultados financeiros
  • Aumentar o valor patrimonial
  • Possibilitar que o gestor detecte os problemas de toda a empresa
  • Potencializar processos,
  • Aperfeiçoar a distribuição de recursos
  • Criar estratégias de curto e longo prazo

Muitas indústrias, principalmente as de pequeno porte, não possuem conhecimento dos meios apropriados para uma boa gestão financeira. Pensando nisso, listamos nesse artigo as dicas mais importantes que um empreendedor deve seguir para ter uma visão mais abrangente dos processos gerenciais para otimizar procedimentos e alavancar seu negócio

1.Mantenha-se atualizado

Um bom empreendedor deve estar sempre estudando sobre o ramo financeiro, pois sempre surgem novos conceitos que devem ser dominados por esse profissional para que sua gestão tenha sucesso.

Esse conhecimento é muito importante, pois as inúmeras demandas corporativas do dia a dia podem causar para muitos empresários a tomada de decisões diárias, sem um planejamento adequado para a situação.

Leia mais: 5 motivos porque o profissional da indústria deve se especializar.

2. Tenha sempre um objetivo definido

Para um bom direcionamento estratégico, a empresa deve saber quais são seus objetivos e qual será a forma de alcançá-los.

Além disso, periodicamente deve ser elaborado um Planejamento Estratégico de cinco anos, no qual a administração irá analisar e determinar quais serão os passos para crescer e ampliar a rentabilidade. As metas devem ser transformadas em números para que seja mais fácil identificá-las. Após esse procedimento, o plano deve ser consentido por todos os sócios da empresa.

3. Defina um Plano Tático Anual

O Plano Tático Anual engloba as projeções de receitas, despesas e do Balanço Patrimonial da Indústria, os objetivos financeiros e um plano de metas e de remuneração variável com base nas mesmas. Além disso, deve estudar as estratégias de preço e melhores ações do mercado.

Após sua elaboração, esse plano deve ser modificado em um orçamento mensal de receitas e despesas.

Analisando as programações financeiras, a direção da empresa consegue fazer uma avaliação do desempenho e comparar com o previsto, notando seu alinhamento com os objetivos gerais e com o esperado pelos investidores.

Com demonstrações financeiras projetadas, o empreendedor é capaz de analisar as opções de investimento e impulsão  além das ações de crescimento da rentabilidade e geração de caixa.

O sucesso nessa etapa se deve em avaliar as melhores e mais econômicas maneiras de financiamento, sempre buscando as linhas de créditos que tenham compatibilidade com a geração da próxima caixa da empresa.

Leia mais: Gestão financeira industrial: 8 dicas campeãs para uma pequena indústria

4.Crie um fundo de caixa

Além de tomar a providência de gastar menos que ganha, é fundamental criar esse fundo para casos de remanejamento de gastos em situações de crise financeira e imprevistos por exemplo.

5.Organize corretamente a documentação e o fluxo de caixa

Acumular documentos e calcular de forma errada os gastos ou as perspectivas causa uma demora para encontrar as informações quando solicitadas, gerando em alguns casos um retrabalho, prejuízos de tempo, trabalho e dinheiro. Veja como ter uma boa gestão de documentos na sua fábrica.

Leia mais: 7 dicas para montar um fluxo de caixa eficaz para sua indústria.

6. Desvincule verbas pessoais das empresariais e planeje o futuro

Ao fazer um planejamento para a empresa, é preciso saber separar os gastos pessoais dos empresariais, sem a retirada de um para investimento no outro. Além disso, ao cumprir cada meta estabelecida, deve-se planejar quais serão os próximos passos e as maneiras de alcançá-los.

Leia mais: 4 ações fundamentais para o controle financeiro de uma fábrica

7. Otimize sua produção

A gestão financeira é uma das partes principais de uma empresa. Nas indústrias, as demandas da produção ocupam grande parte do tempo do empreendedor. Ao utilizar um software que controle a produção, como o Nomus PCP, o gestor otimiza os resultados, gera mais lucros e diminui os esforços nessa área, ganhando tempo para cumprir todos os aspectos mencionados neste artigo.

Nomus ERP Industrial

Compartilhe esta matéria:


Tags:




Participe! Deixe o seu comentário agora mesmo: