Criando KPI’s (indicadores) com o apoio de grupos e famílias de produtos

Atualizado em 3/11/15 - Escrito por Thiago Leão na(s) categoria(s): Produção

Criando-KPIs-(indicadores)-com-o-apoio-de-grupos-e-familias-de-produtos

Costumamos dizer que o cadastro de produtos é a alma de qualquer sistema informatizado de gestão para indústrias. Por isto, para realizar uma implantação de um software de PCP ou ERP é preciso fazer um cadastro de produtos bem feito.

Aproveitando o excelente artigo que o Celso Monteiro escreveu recentemente e que mostra a importância de classificar o cadastro de produtos em grupos e famílias, resolvi aprofundar a abordagem dele, falando mais sobre a utilização desses conceitos na prática e mostrando como ficam os relatórios diretamente no Nomus Dashboard. Confira na sequencia do artigo e fique à vontade para interagir com os relatórios modificando os filtros.

KPI’s para famílias de produtos

Resumindo o que está explicado em detalhes no artigo citado acima, uma família é um conjunto de produtos similares na sua essência, em sua composição, processo de fabricação ou uma característica intrínseca do produto. Usando como exemplo uma indústria de cosméticos para cabelos e tendo shampoos e condicionadores como produtos para serem classificados, podemos definir assim 3 famílias:

  • Shampoo para cabelos secos
  • Shampoo para cabelos oleosos
  • Condicionadores

Desta forma, com base na venda dos produtos de uma indústria podemos gerar indicadores de desempenho e analisar cada família. Isto permite que as decisões a serem tomadas envolvam um conjunto de produtos semelhantes, não apenas um ou outro.

Reforço o convite que fiz acima para você interagir com os gráficos, filtrando por uma família específica ou um período.

KPI’s para grupos de produtos

Assim como no caso da família de produtos, um grupo é o conjunto de produtos que possuem aplicações, funções e empregos semelhantes. O método para organizar os produtos em grupo deve ser orientado exclusivamente para gerar os relatórios gerenciais mais relevantes à sua indústria.

Ele não é organizado necessariamente por um padrão de semelhança. Voltando ao exemplo da indústria de cosméticos para cabelos, podemos ter a organização dos grupos por cor de cabelo:

  • Produto para cabelos loiros
  • Produto para cabelos castanhos
  • Produto para cabelos grisalhos

Podemos ainda utilizar o conceito de níveis sintéticos e analíticos para montar uma hierarquia na organização de grupos e família. Só não podemos esquecer que os níveis sintéticos devem ser utilizados para a organização e o agrupamento de níveis analíticos e que conforme explicado no post que mencionei no início deste texto, o cadastro do produto deve ser feito sempre no nível analítico.

Veja abaixo alguns indicadores que podem ser gerados com esse conceito de classificação de grupos no seu cadastro de produtos:

Indicadores que combinam grupos e famílias

Podemos trabalhar com indicadores combinando as informações de grupo e família, assim os relatórios tem uma profundidade maior, com mais detalhes e permitindo decisões mais acertadas. Veja o exemplo abaixo:

Acima podemos ver que os produtos da combinação de grupo e família “Shampoo para cabelos oleosos e castanhos” tem um potencial de venda maior, então se um dia sua indústria investir em publicidade esse pode ser um bom parâmetro para escolher a modelo do comercial, não acham?

Invista em gestão e dê um passo à frente

Neste artigo, procurei mostrar que apenas investindo em um cadastro de produtos de qualidade já é possível enxergar informações de forma clara e simples e ajudar a sua empresa no dia a dia. No exemplo acima usei indicadores de venda, mas poderiam ser de produtividade, qualidade, compras etc.

Procure imaginar o quanto a melhora na gestão de outras áreas da sua indústria pode levar você a estar um passo à frente da sua concorrência. O diferencial da gestão da sua empresa não está apenas em softwares ou sistemas informatizados, mas também em conceitos e ferramentas de gestão.

Caso você queria conhecer uma empresa que pode ajudar a sua indústria a melhorar o cadastro de produtos através de uma solução completa, com a união de um poderoso software de gestão industrial aliado à consultoria de engenheiros experientes e formados nas principais universidades do país, posso citar como exemplo, a Nomus. Você pode conferir a solução funcionando na prática, assistindo a uma demonstração do sistema Nomus.

software-para-industria-em-pcp


Compartilhe esta matéria:


Tags:


Engenheiro Mecânico Industrial formado na UERJ e especialista em implantação de sistemas de gestão Industrial na Nomus. Thiago já atuou em fábricas de diversos setores, como: Embarcações, perfuração submarina, metal-mecânica, materiais de escritório, alimentício, cosméticos e tubulação.


2 Comentários

  1. Guilherme Augusto says:

    Bom artigo, além da importância da gestão via KPI, o fato de ter códigos corretamente cadastrados são fundamentais no bom uso do ERP. Nada pior que um BOM mal complilado e dando baixa por explosão completamente errado.

    • Thiago Leão says:

      Com certeza Guilherme! Costumamos dizer que o cadastro é a alma de qualquer sistema. Ele é vital para perfeita operação da empresa e muitas vezes é negligenciado.

      Obrigado por sua participação!

Participe! Deixe o seu comentário agora mesmo:




Junte-se a 47.312 gestores e profissionais da indústria

Receba dicas semanais de engenheiros de produção direto no seu email e turbine sua a gestão da sua indústria. Inscreva-se gratuitamente:


Seu email está seguro e você nunca receberá spam