Indústria 4.0: o que é e quais são as novidades

Atualizado em 5/12/19 - Escrito por Thiago Leão na(s) categoria(s): Produção

Custos industriais

Indústria 4.0 é um novo conceito de indústria que é baseado em uma indústria moderna que utiliza em seus processos de manufatura, as mais modernas inovações tecnológicas das áreas de automação e controle da informação.

O conceito usa como base sistemas como internet das coisas, cyber-físicos, internet dos serviços e com isso aumenta a eficiência dos processos autônomos.

A indústria 4.0 é considerada um novo período nas revoluções industriais. Isso porque ela traz mudanças significativas na forma em que os produtos serão fabricados e com isso impacta diversos setores do mercado como um todo.

Indústria 4.0

A ideia é resumidamente assim:

  • 1º Revolução industrial: 1780 – Máquinas a vapor e criação do tear mecânico
  • 2º Revolução industrial: 1870 – Energia elétrica, aço, motores elétricos e de combustíveis derivados do petróleo
  • 3º Revolução industrial: 1970 – Sistemas informatizados, robóticos para manufatura, avanço na eletrônica
  • 4º Revolução industrial: Hoje – Sistemas cyber-fisicos, processos de manufatura descentralizados, internet das coisas

Qual a história da indústria 4.0?

A origem do termo indústria 4.0 é alemã e foi dito pela primeira vez em 2011, na feira de Hannover.

Logo no ano seguinte, Siegfried Dais (Robert Bosch GmbH) e Kagermann ministraram um grupo responsável por colocar as ideias em prática e implantar o sistema.

Em 2013 então foi publicado na Feira Hannover, um trabalho completo sobre a criação e o desenvolvimento da indústria 4.0.

O conceito principal da indústria é que ao conectar sistemas, máquinas e ativos, as indústrias terão redes inteligentes por todo o sistema produtivo, que poderão controlar a operação de produção de forma autônoma.

Sendo assim, na indústria 4.0 as fábricas são “inteligentes” e possuem a capacidade de prever falhas, agendar manutenções e revisões e se adequar as mudanças e requisições que não foram inicialmente planejadas na produção.

Benefícios da indústria 4.0

Reduzir custos

Ao automatizar a fábrica, é esperado uma redução consistente do custo da operação de qualquer tipo de indústria.

A partir do momento em que as próprias máquinas possuem capacidade e autonomia de programar manutenções preventivas, a redução de custos será ainda maior.

Economizar energia e manter a produção

Ainda na questão de redução de custos, é possível economizar energia ao utilizar tecnologias para melhorar a eficiência da captação e geração de energia.

Dessa forma sua indústria irá economizar o consumo de energia mas manter a alta produtividade.

Aumentar a segurança geral

Uma vez que a fábrica possui máquinas conectadas em rede e usando sensores para fazer o monitoramento da produção, a operação terá muito mais segurança.

Esse modelo permite prever falhas e então evitar que um eventual problema acabe paralisando a linha de produção.

Além disso, ao remover o fator humano de tarefas inseguras ou repetitivas, a fábrica fica mais segura contra erros e acidentes.

Melhorar a conservação ambiental

A sustentabilidade está cada vez mais em pauta tanto na sociedade como nas indústrias. A indústria 4.0 ajuda nesta questão justamente otimizando o uso dos recursos naturais e diminuindo o impacto no meio ambiente.

Reduzir erros humanos

Com as máquinas inteligentes e automatizadas há uma redução considerável de erros humanos em processos repetitivos e de montagem.

Além disso, é mais fácil manter o padrão de qualidade dos produtos com uma rotina mais confiável.

Reduzir ou acabar com desperdícios

Depois de reduzir erros e melhorar a segurança de seus processos, o resultado é uma grande redução e até mesmo o fim dos desperdícios na produção. Com isso a indústria fica mais competitiva e reduz gastos.

Mais transparência

A indústria 4.0 proporciona um controle melhor de todos os dados gerados na produção.

Com isso sua equipe poderá ter mais transparência e trabalhar com informações precisas de estoques e insumos.

Como a indústria 4.0 funciona na prática

As principais características e diferenciais da indústria 4.0, são:

  • Sistemas inteligentes que possuem sensores capazes de informar as máquinas a forma com que devem trabalhar e qual será seu papel em cada etapa da manufatura. Com isso dados são coletados e é possível ter um maior controle de produção.
  • Os processos são composto de módulos descentralizados e auto-gerenciados. sistemas inteligentes que trabalham trocando dados em conjunto, tanto diretamente como pela internet.
  • O chão de fábrica troca de um sistema centralizado por inteligência descentralizada com comunicação entre máquinas (M2M)

Embora a indústria 4.0 ainda não seja realidade na grande maioria das indústria, seu conceito está ganhando força através de fatores como:

  • Rápida evolução da capacidade dos computadores e da internet.
  • Big Data – grande volume de informação digitalizada
  • Inovações tecnológicas e de gestão

A cada dia que passa se torna mais viável possuir um processo industrial inteligente, interligado e capaz de tomar decisões seguras usando os conceitos da indústria 4.0.

Como começar a preparar sua empresa para a indústria 4.0

Agora que você já sabe a parte mais teórica da indústria 4.0, vamos ver como dar os primeiros passos para colocar a metodologia em prática.

1. Faça uma avaliação das necessidades da sua indústria

Para começar a melhorar, é preciso determinar o que melhorar. Ou seja, avalie quais são os pontos que a sua empresa precisa ou pode melhorar.

2. Determine como a inteligência artificial conseguiria ajudar a sua indústria

Com os pontos de melhoria listados, busque determinar agora quais são os itens que podem ser melhorados através da tecnologia e da inteligencia artificial.

3. Determine um prazo para colocar as mudanças em prática

Com um prazo realista é mais fácil de colocar em prática e mais difícil de procrastinar essa melhoria.

Determine um prazo para buscar soluções para os itens e oportunidades que listou anteriormente.

4. Capacite a sua equipe para a indústria 4.0

Mantenha sua equipe informada e capacitada em relação as novidades tecnológicas da indústria 4.0.

Isso diminuirá qualquer atrito que apareça durante a implantação das novidades na sua fábrica.

É importante desmistificar o assunto e mostrar que será vantajoso para todos.

Dando os primeiros passos em direção a indústria 4.0

Para começar a colocar em prática os conceitos da indústria 4.0, você precisa tornar sua indústria cada vez mais inteligente e precisa.

É claro que investir em máquinas inteligentes e automatizar a fábrica da noite possível em grande parte dos casos não é viável.

Entretanto, também não recomendo que use isso como desculpa para não tomar uma atitude positiva.

Recomendo que comece informatizando tudo que puder informatizar e, caso já tenha uma fábrica informatizada, automatize tudo que possa automatizar.

Ou seja, coloque o papel e o excel de lado e trabalhe com sistemas de gestão que são capazes de eliminar perdas de dados e erros humanos.

Esse já é um excelente passo inicial em direção a uma fábrica 4.0.

Caso não possua um sistema ERP, recomendo assistir uma demonstração do Nomus ERP Industrial e ver na prática como a ferramenta funciona.

Nomus ERP Industrial

Compartilhe esta matéria:


Tags:


Engenheiro Mecânico Industrial formado na UERJ e especialista em implantação de sistemas de gestão Industrial na Nomus. Thiago já atuou em fábricas de diversos setores, como: Embarcações, perfuração submarina, metal-mecânica, materiais de escritório, alimentício, cosméticos e tubulação.