FEFO: o que é, como funciona e quais suas vantagens

Atualizado em 10/01/22 - Escrito por Thiago Leão na(s) categoria(s): Logística

Chão de fábrica

FEFO é uma sigla para “First expire, first out” (ou em português PVPS – “Primeiro a vencer, primeiro a sair“) e é um sistema para organizar o estoque da empresa onde o primeiro item utilizado é o com a data de validade mais próxima, não importando quem foi estocado primeiro.

Existem diferentes formas de organizar o estoque de uma fábrica, os modelos mais comuns são o FIFO, LIFO e FEFO. O modelo ideal depende muito do tipo de produto que a sua fábrica produz.

Neste artigo vamos detalhar exatamente o que é o modelo FEFO ou PVPS e com isso você vai:

  • Saber o que é First expire, First out;
  • quais as vantagens do modelo FEFO;
  • como colocar o FEFO em prática;
  • uma introdução aos outros modelos.

A ideia é que você entenda melhor os modelos e assim consiga entender qual a melhor forma de organizar o estoque da sua empresa. Vamos lá:

O que é FEFO / PVPS?

Indo direto ao ponto, como falei anteriormente, FEFO (First expire, first out – Primeiro a vencer, primeiro a sair) é uma maneira de armazenar e utilizar os materiais e produtos do estoque de uma empresa.

A ideia é fácil de entender e funciona assim: independente da ordem que os produtos ou materiais foram estocados, a empresa deve sempre consumir os que estiverem com a data de validade mais próxima.

Esse formato é muito utilizado por empresas que utilizam materiais ou produtos perecíveis e com alta rotatividade, já que assim garante que os produtos mais antigos não estraguem antes de serem utilizados.

Como funciona o modelo FEFO / PVPS?

Quando uma empresa resolve utilizar o modelo FIFO, o setor de vendas e/ou produção focam em utilizar os materiais ou produtos mais antigos do estoque, ou seja, que entraram lá primeiro.

Esse modelo pode ser muito bom para empresas que trabalham com produtos perecíveis ou que podem se tornar obsoletos rapidamente, como o setor alimentício, químico e vestuário.

Vale ressaltar que o FEFO deve ser usado apenas como uma forma de manter um controle rígido do prazo de validade dos materiais e não deve ser usado para avaliar o ativo circulante da empresa.

Para fechar, o estoque organizado de modo FEFO também não costuma sofrer com as variações do mercado em relação a inflação e deflação, já que possui uma alta rotatividade e não fica muito tempo parado na empresa.

Como colocar o FEFO em prática

Para aplicar o modelo na sua empresa é importante ficar atento a alguns pontos, sendo eles:

Controle rigoroso da data de validade

Para garantir que nenhum item seja perdido por ter expirado sua data de validade, a sua empresa precisa organizá-los no estoque de acordo com o seu vencimento. Sendo assim, não utilize filas por ordem de chegada. Ao invés disso, separe os produtos por lotes facilmente identificáveis e organize a produção e a expedição para priorizar os itens com a data de vencimento mais próxima.

Principais vantagens do FEFO / PVPS?

O modelo PVPS traz diversas vantagens para a empresa que coloca em prática. Aqui está uma lista com alguns dos principais benefícios do FEFO, confira:

  • Facilita a identificação e a requisição de itens com a validade mais próxima de expirar;
  • Reduz as perdas por vencimento da validade;
  • Facilita a identificação de produtos vencidos ou perdidos e assim melhora a imagem da marca perante seus clientes, já que não irão enviar produtos vencidos por engano.

Outras formas de gerenciar o estoque

Além do FIFO, existem outros duas formas de gerenciar o estoque muito famosas e bastante utilizados pelas empresas em geral, sendo eles o LIFO e o FEFO. Agora vamos ver um pouco mais sobre eles para que você entenda as diferenças das metodologias. Confira:

FIFO

FIFO é uma sigla para “First In, First Out” (ou em português PEPS – “Primeiro a entrar, Primeiro a Sair”) e é um sistema para armazenar o estoque da empresa em forma de fila, onde o primeiro item armazenado é também o primeiro item a sair do estoque.

Esse modelo pode ser muito bom para empresas que trabalham com produtos perecíveis ou que podem se tornar obsoletos rapidamente, como o setor alimentício, químico e vestuário.

LIFO

Já o LIFO significa Last in, First out, ou em português primeiro a entrar, último a sair. Esse sistema de organizar o estoque funciona de modo oposto ao FIFO. A ideia aqui é organizar os materiais como uma pilha, ou seja, o primeiro item a ser estocado será o último a ser utilizado.

O LIFO é recomendado para empresas que possuem produtos e materiais que não são perecíveis e também que não se tornam obsoletos rapidamente. Um exemplo seria uma empresa que fabrica formas de concreto para construção civil.

Siga a Nomus para mais dicas de gestão

Agora que você já sabe como o FEFO ou PVPS funciona e quais seus benefícios, recomendo que siga a Nomus para não perder as próximas atualizações. Aqui estão os nossos principais canais:

Nomus ERP Industrial

Compartilhe esta matéria:


Tags:




Participe! Deixe o seu comentário agora mesmo: