O que é o Registro 0210 – Consumo específico padronizado?

Atualizado em 6/12/18 - Escrito por Rafael Netto na(s) categoria(s): Bloco K

Glossario

Continuando a nossa série de artigos sobre o Bloco K, hoje vamos falar sobre o registro 0210, o que é o Registro 0210, como funciona e como sua indústria precisa apresentá-lo.

Os outros artigos da série Bloco K, são:

Para entender melhor como funciona o registro 0210, veja o vídeo abaixo:

Apresenta a lista de materiais padrão dos produtos acabados e semi-acabados fabricados pela empresa no período de apuração, escriturados nos registros K230 e K250, incluindo o código do componente/insumo, a quantidade do componente/insumo, e a perda/quebra normal percentual do insumo/componente para se produzir uma unidade do produto resultante.

O registro 0210 é filho do registro 0200.

Até dezembro de 2017, todo produto escriturado nos registros K230 e K250 devia ser escriturado no registro 0200, e os materiais consumidos escriturados nos registros K235 e K255 deviam estar presentes na sua lista de materiais escriturada no registro 0210.

A partir de janeiro de 2018, obrigatoriedade da apresentação do Registro 0210 fica a critério de cada UF.

Quais são os campos do registro 0210?

CampoObrig.Explicação do campoConsiderações mais importantes
REGO0210
COD_ITEM_COMPOCódigo do item componente/insumo1) Tipo de produto = 00 (Mercadoria para revenda), 01 (Matéria prima), 02 (Embalagem), 03 (Produto em processo), 04 (Produto acabado), 05 (Subproduto) ou 10 (Outros insumos).
2) Deve existir no Registro 0200.
3) Código do produto no Registro 0210 deve ser diferente do Código do produto no Registro 0200.
4) O Código do produto pai no Registro 0200 deve ter o tipo de produto 03 (Produto em processo) ou 04 (Produto acabado).
QTD_COMPOQuantidade do item componente/insumo para
se produzir uma unidade do item composto/resultante
1) Deve ser preenchido tendo como base a quantidade bruta de insumo a ser consumida por unidade do item composto, considerando-se apenas a perda normal do processo industrial.
2) Caso existam variáveis no processo produtivo que possam influenciar no consumo específico, o consumo específico padronizado será médio.
3) Qtde > 0.
PERDAOPerda/quebra normal percentual do insumo/componente para se produzir uma unidade do item composto/resultante1) Preencher com a perda ou quebra normal percentual refere-se à parte do insumo que não se transformou em produto resultante.
2) Caso existam variáveis no processo produtivo que possam influenciar na perda, deverá ser informada neste registro a perda média.
3) Não se incluem neste campo fatos como inundações, perecimento por expiração de validade, deterioração e quaisquer situações que impliquem a diminuição da quantidade em estoque sem relação com o processo produtivo do contribuinte.

Conceitos importantes sobre o registro 0210

Lista de materiais única

Do ponto de vista do Bloco K, cada código de produto acabado ou semi-acabado só pode ter 1 e somente 1 lista de materiais.

Insumos Interdependentes

Se existirem insumos interdependentes, insumos em que o aumento da participação de um resulta na diminuição da participação de outro ou de outros, deverá ser eleito um insumo de cada grupamento interdependente para informação do total de consumo específico padrão.

Nesse caso, todos os demais insumos do grupamento interdependente serão considerados substitutos, e deverão ser informados nos Registros K235 ou K255 com a informação do insumo substituído.

Como exemplo, considere que para obter o produto X-001 são utilizados os insumos MP-001, MP-002 e MP-003, mais a embalagem EMB-002, conforme a lista de materiais a seguir:

Lista de materiais X-001: Qtde base 1 UN

  • MP-001 – 2 kg
  • MP-002 – 3 kg
  • MP-003 – 5 kg
  • EMB-002 – 1 UN

Porém, algumas vezes, considere que seja possível substituir os três insumos MP-001, MP-002 e MP-003 por um único insumo MP-200, e a lista de materiais ficaria como abaixo:

Lista de materiais X-001: Qtde base 1 UN

  • MP-200 – 10 kg
  • EMB-002 – 1 UN

Nesse caso, do ponto de vista do Bloco K, eu devo juntar os insumos MP-001, MP-002, MP-003, MP-200 em um mesmo grupo de insumos interdependentes, e eleger um para ser escriturado no Registro 0210 com a informação do total do consumo específico padrão.

Nesse caso, o insumo eleito seria o “MP-200”, e a lista de materiais escriturada no Registro 0210 seria:

Lista de materiais X-001: Qtde base 1 UN

  • MP-200 – 10 kg
  • EMB-002 – 1 UN

E sempre que os insumos MP-001, MP-002, MP-003 forem consumidos no processo produtivo, o insumo “MP-200” deveria ser informado no campo “COD_INS_SUBST” (Código do insumo substituído).

Perda normal

Perda normal é a quantidade que se perde de insumo para se obter 1 unidade do produto resultante.

Como exemplo, considere que para fabricar o produto resultante X001, há o consumo de 10 kg de um insumo A001, perdendo-se 2 kg desse insumo.

Logo a perda normal do insumo A001 é de 2 kg e a perda normal percentual é de 20%.

Nesse caso, podemos resumir as informações relacionadas ao consumo do insumo A001 como abaixo:

  • Quantidade necessária teórica: 8 kg
  • Quantidade de perda normal: 2 kg
  • Quantidade necessária padrão: 10 kg (8 kg + 2 kg)
  • Perda normal percentual = 20% (2 kg / 10 kg)

Nesse exemplo o Registro 0210 deve ser escriturado como:

  • COD_ITEM_COMP = A001
  • QTD_COMP = 10 kg
  • PERDA = 20%

Exemplo de escrituração do registro 0210

Apresentamos abaixo um exemplo de escrituração do registro 0210.

|0200|PA-001|Produto acabado PA-001|7894494081163||UN|04|48202000||||18|1902100|
|0210|MP-200|10,000|2,000|
|0210|EMB-002|1,000|0,000|

No exemplo acima fica claro que o Registro 0210 é filho do Registro 0200.

Agora vamos entender os campos apresentados nos registros 0210.

MP-200

  • COD_ITEM_COMP = MP-200 – Esse é o código de um insumo para fabricar o produto “PA-001” do Registro 0200.
  • QTD_COMP = 10,000 – Essa é a quantidade do insumo “MP-200” para fabricar 1 unidade do produto “PA-001” escriturado no Registro 0200. Essa quantidade incluí a perda normal.
  • PERDA = 2,000 – Essa é a perda normal percentual do insumo “MP-200” para fabricar 1 unidade do produto “PA-001” escriturado no Registro 0200.

EMB-002

  • COD_ITEM_COMP = EMB-002 – Esse é o código de um insumo para fabricar o produto “PA-001” do Registro 0200.
  • QTD_COMP = 1,000 – Essa é a quantidade do insumo “EMB-002” para fabricar 1 unidade do produto “PA-001” escriturado no Registro 0200. Essa quantidade incluí a perda normal.
  • PERDA = 0,000 – Essa é a perda normal percentual do insumo “EMB-002” para fabricar 1 unidade do produto “PA-001” escriturado no Registro 0200.

Software para entregar o Bloco K

Prepare sua indústria para entregar o Bloco K do Sped, veja uma demonstração do Nomus ERP Industrial e entenda como a ferramenta pode ajudar sua equipe a superar esse desafio.

O software foi projetado por engenheiros de produção e é capaz de atender essa e outras demandas.

Fique a vontade para entrar em contato caso tenha alguma dúvida ou dificuldade.

Software ERP Para controle da producao

Compartilhe esta matéria:


Tags:





Receba no seu email.

Os melhores artigos, ebooks e planilhas de gestão da produção industrial, gratuitamente, no seu email.



Software ERP para sua indústria: Nomus ERP


Junte-se a 47.312 gestores e profissionais da indústria

Receba dicas semanais de engenheiros de produção direto no seu email e turbine sua a gestão da sua indústria. Inscreva-se gratuitamente:


Seu email está seguro e você nunca receberá spam