Kraljic Matrix: conceito, aplicação e como montar uma matriz

Atualizado em 2/02/21 - Escrito por Thiago Leão na(s) categoria(s): Logística

Ferramentas de gestão

A Kraljic Matrix ou matriz Kraljic é uma ferramenta para otimizar o setor de compras de uma empresa, classificando os itens a serem comprados em estratégicos, alavancagem, gargalo e não críticos, que são então cruzados em duas dimensões: risco e impacto.

Através da matriz Kraljic a empresa pode listar, organizar e priorizar os itens a serem comprados. Dessa forma conseguem comprar:

  • os produtos certos;
  • na quantia e momentos certos;
  • no fornecedor mais vantajoso;
  • e com o melhor prazo.

Neste artigo vamos detalhar mais sobre o conceito da Kraljic Matrix, sua aplicação e como montar uma matriz Kraljic. Vamos lá:

Conceito da Kraljic Matrix

A matriz de Kraljic foi desenvolvida por Peter Kraljic na década de 80 com o objetivo de ajudar a indústria a reduzir custos e superar a crise econômica da época.

O seu objetivo é classificar os itens e assim analisar as informações para fazer uma gestão melhor dos fornecedores, melhorando a relação impacto x risco.

A matriz é divida em 2 eixos, sendo o eixo horizontal o risco de fornecimento e o eixo vertical o impacto na empresa. Abaixo veremos uma explicação melhor de cada um deles, confira:

Eixo X – Risco de fornecimento

Os itens podem ser classificados de duas formas no eixo x:

  • Mercado competitivo; (Baixo risco de suprimento)
    • Aqui estão os itens que existem em abundância no mercado e há uma briga entre os fornecedores para conseguir fechar contratos.
  • Mercado restrito; (Alto risco de suprimento)
    • Aqui estão os itens que possuem poucos fornecedores, muitas vezes controlados por uma empresa ou oligopólios.

Eixo Y – Impacto na empresa

Os itens podem ser classificados de duas formas no eixo y:

  • Itens de grande importância financeira
    • Aqui estão os itens estratégicos que trazem o maior retorno financeiro para empresa
  • Itens de menor importância financeira
    • Aqui estão os itens de maior quantidade, porém, com pouca importância para os resultados financeiros da empresa.

Agora vamos as 4 categorias contempladas na matriz Kraljic e como elas funcionam:

Alavancável

Aqui devem estar os itens que representam um alto lucro para a empresa e ao mesmo tempo possuem uma boa quantidade de fornecedores disponível.

Sendo assim, o comprador aqui tem a vantagem e o poder de barganha. Desse modo cria contratos com os fornecedores de preferência e consegue propostas competitivas dos fornecedores disponíveis.

Estratégico

Aqui devem ficar os itens que são extremamente importantes para o lucro da empresa e além disso, há uma escassez e/ou dificuldade logística dos produtos no mercado. Ou seja, há um grande risco de abastecimento e também um grande impacto no resultado da empresa.

Como a empresa depende muito do fornecedor, é recomendado que sejam formadas parcerias de longo prazo, com contratos, compromisso de metas e essa relação seja mantida com bastante atenção.

Não crítico

Aqui devem ficar os itens que são facilmente comprados e que não tem grande impacto nos resultados da empresa. Sendo assim, não há grande dependência de fornecedores.

O ideal aqui é a empresa não focar muito tempo ou complexidade na compra desses itens, já que esses itens não compensam um alto investimento. Entretanto, não deve-se negligenciá-los. É preciso apenas um balanço para dedicar o tempo/dinheiro adequado.

Gargalo

Aqui devem ficar os itens que possuem poucos ou um único fornecedor e por isso o(s) fornecedor(es) possuem o domínio da negociação.

O recomendado é que a área de compras da empresa mantenha uma boa relação com esses fornecedores e ao mesmo tempo busque por novos fornecedores no mercado afim de reduzir ou eliminar o gargalo.

Veja também: Como encontrar fornecedores ideais para sua indústria (e manter uma boa relação com eles)

Como montar a matriz Karljic

Para montar a sua matriz Karljic é preciso seguir os passos:

  • Agrupar os produtos comprados pela empresa de forma lógica
    • Aqui você poderia agrupar os produtos que poderiam ser comprados de um mesmo fornecedor sem esforço muito maior ou menor.
  • Avaliar o impacto financeiro e o risco de abastecimento
    • Na parte financeira é preciso avaliar:
      • Custo direto e indireto (gastos administrativos etc) do material;
      • Qual a participação desse item no custo do produto final e qual seu retorno financeiro;
    • No risco de abastecimento, é recomendado avaliar:
      • Quantidade de fornecedores;
      • Se há alternativas ao item;
      • Estabilidade dos fornecedores potenciais;
      • Custo para trocar de fornecedor;
  • Classificar os produtos na matriz de acordo com suas características

Além disso, a equipe do Inbrasc preparou uma tabela com recomendações de atuação para cada setor da matriz de Karljic, confira:

clique para ampliar – Fonte: Inbrasc

Baixe ainda mais ferramentas para a gestão da sua empresa

Agora que você já conhece o funcionamento da matriz de Karljic, recomendo que amplie ainda mais o seu conhecimento em ferramentas de gestão baixando o nosso ebook:



Além disso, acompanhe a Nomus na sua rede social favorita e não perca as nossas próximas postagens:


Compartilhe esta matéria:





Participe! Deixe o seu comentário agora mesmo: