Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e): o que é, como emitir e quando ela é usada


Atualizado em 31/05/24 - Escrito por João Pedro na(s) categoria(s): Processos e Organização

Software ERP para controle financeiro

A Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e) é a versão digital do documento que deve ser emitido sempre que uma empresa prestar serviços para outra. Seu preenchimento, tributos e emissão dependem de fatores como o porte da sua empresa.

Esse formato de documentação foi lançado para facilitar o recolhimento do ISS (imposto sobre serviços), realizado pelas prefeituras, ainda agilizando o processo de emissão para os empreendedores, principalmente micro e pequenas empresas.

Você pode aprender o que é, os campos de preenchimento e como emitir a Nota Fiscal Eletrônica de Serviços da sua empresa no artigo que escrevi abaixo. Descubra a forma padrão, manual, e também a facilitada, automatizada, que pode ser feita através de sistemas de gestão.

Faça uma boa leitura!

Confira os tópicos:

Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFs-e): o que é, como emitir e quando ela é usada

O que é Nota Fiscal de Serviços Eletrônica? Para que serve?

A Nota Fiscal Eletrônica de Serviços é um documento digital que deve ser emitido sempre que uma empresa prestar serviços a outra. Ela serve para registrar junto à prefeitura a operação comercial, garantir o recolhimento adequado do ISS (Imposto Sobre Serviços) e trazer mais segurança para você e seu cliente.

A versão digital foi criada como forma de otimizar a emissão e melhorar a fiscalização do recolhimento do imposto, para que as empresas não paguem mais nem menos do que devem. Dessa forma, se tornou possível integrar os portais digitais das prefeituras e do governo (conforme seu porte e localização) a sistemas como ERPs, que otimizam e automatizam a emissão dessas notas.

Campos da Nota Fiscal de Serviços Eletrônica

Os campos da Nota Fiscal de Serviço variam bastante conforme as prefeituras. No entanto, alguns itens são de praxe e você pode esperar que o sistema solicite informações como:

  • Dados de identificação do prestador de serviço;
  • Dados de identificação do tomador de serviço;
  • Descrição do serviço prestado;
  • CNAE da sua empresa;
  • Valores pagos;
  • Modalidade de tributação;
  • Dados de identificação de terceiros, quando houver.

Passo a passo para Emitir Nota Fiscal de Serviços Eletrônica  (Modo Padrão)

A emissão da nota fiscal de serviço eletrônica depende de algumas variáveis, como o porte e tipo de empresa. Isso acontece porque os MEIs, por exemplo, emitem suas notas diretamente através do Portal da Nota Fiscal de Serviço Eletrônica do governo, enquanto uma empresa maior, como uma indústria, pode utilizar o sistema da prefeitura local ou softwares integrados.

Vamos focar nas empresas que vão de ME até grandes. Os passos abaixo são um guia geral para emissão através de portais da prefeitura local, que possuem suas especificidades, mas em geral é como está abaixo. Depois, te mostrarei como fazer essa emissão mais rápida através de sistemas dedicados.

  1. Cadastro na prefeitura. – Consulte a prefeitura local sobre como proceder nesse passo, mas é importante se cadastrar na Secretaria da Fazenda para que possa começar a emitir a NFS-e. Empresas de pequeno, médio e grande porte podem precisar adquirir um certificado digital para completar o cadastro, enquanto MEI e pessoas físicas estão isentas;
  2. Acesse o sistema da nota fiscal adequado. No caso de MEI e pessoa física, utilize o Portal da Nota Fiscal, enquanto outras empresas devem acessar o portal indicado pela prefeitura;
  3. Acesse a opção para emitir nota fiscal de serviço eletrônica. – A localização dessa opção depende do sistema que você está usando;
  4. Preencha os dados corretamente. – Fique atento às informações fornecidas para não pagar taxas extras ou ter problemas com cliente ou fisco;
  5. Faça a revisão dos dados e emita a nota. – Garanta que esteja tudo preenchido de forma correta e então clique no botão para emissão do documento.

Como gerar uma NFS-e mais rápido

Se você precisa gerar muitas NFS-e, é possível agilizar e até automatizar a emissão das notas fiscais de serviço da sua empresa. Para isso, você precisa de um software dedicado, como um ERPs.

Os ERPs são sistemas integrados de gestão que conectam todos os setores da sua empresa em apenas uma plataforma, de onde é possível administrá-los. Emitir notas fiscais automaticamente é só uma parte: também dá para controlar a produção, acompanhar as suas vendas e muito mais.

Veja como funciona na prática assistindo a uma demonstração do Nomus ERP Industrial:

Qual a diferença entre Nota Fiscal Eletrônica e Nota Fiscal de Serviço?

Nota Fiscal Eletrônica é um termo que pode ser utilizado tanto para qualquer versão eletrônica de uma nota fiscal ou quanto especificamente para NF-e, que é a nota fiscal eletrônica para produtos.

Por sua vez, a Nota Fiscal de Serviço, que pode ser eletrônica ou não, se refere apenas ao documento da  prestação de serviços. Você pode aprender melhor sobre NF-e e inclusive como emitir de forma mais ágil neste guia:

(Guia rápido) NF-e : Nomus

Descubra como melhorar a gestão fiscal da sua indústria

A gestão fiscal da sua indústria vai além de emitir um tipo de nota fiscal. É importante continuar aprendendo sobre os variados documentos, os impostos etc. Ao mesmo tempo, para melhorar a administração da sua empresa, é preciso estudar sobre todos os setores.

É por isso que eu, meus colegas e convidados publicamos regularmente aqui no blog artigos sobre gestão industrial. Você aprenderá sobre contabilidade, transformação de materiais, otimização de processos, RH e diversos outros assuntos de interesse industrial.

Entre no nosso Canal de Whatsapp Indústria Lucrativa para receber mais conteúdos sobre indústria, inclusive áudios de nossos engenheiros, e inscreva-se no blog para ser notificado por e-mail sempre que um novo artigo for ao ar.

Obrigado e vamos em frente!

Software ERP para controle financeiro

Participe! Deixe o seu comentário agora mesmo: