Como motivar a equipe da sua fábrica para o sucesso

Atualizado em 11/07/16 - Escrito por Thiago Leão na(s) categoria(s): Avaliação de desempenho / Capacitação de pessoas / Definição de indicadores de desempenho e metas / Desdobramento da estratégia / Estratégia / Gerenciamento da rotina / Processos e Organização / Recursos Humanos

Como-motivar-sua-equipe-para-o-sucesso

O mercado de trabalho exige que os funcionários sejam capazes de entregar produtos e serviços de qualidade, ao mesmo tempo que cumprem os objetivos de uma empresa. Porém, para que o resultado seja o melhor possível, o tratamento que os funcionários recebem deve ser motivador para que a indústria alcance o sucesso. Veja 4 dicas para que esse objetivo seja alcançado:

1. Criar um ambiente de trabalho seguro e saudável

Esse é o primeiro aspecto fundamental para o bom rendimento dos funcionários. O local onde eles trabalham precisa ser agradável e estimulante à produtividade e criatividade.

Ambientes de trabalho que não passam uma segurança tanto para a integridade física quanto mental dos funcionários proporcionam atividades feitas muitas vezes da forma mais fácil, o que na maioria das vezes prejudica a empresa.

O local de trabalho deve ser:

  • Livre de assédio, tanto moral quanto sexual;
  • Limpo e organizado
  • Livre de grandes ruídos
  • Livre de vestimentas inadequadas para a empresa
  • Higiênico

Você prefere trabalhar em qual dos dois ambientes?

A resposta parece obvia, mas na prática muitas empresas deixam o funcionário ditar as regras de organização e limpeza, quando na verdade esses valores devem ser impostos e seguidos.

Combata o seguinte jargão: “Na minha bagunça eu me acho.”

2. Oferecer recompensas, remuneração e benefícios

Os funcionários precisam ser compensados por suas habilidades, experiências e esforços. Remuneração e benefícios representam uma valorização dos trabalhadores, o que resulta em lealdade e compromisso.

Hoje as empresas percebem que adicionar um bônus ou uma comissão por rendimento e alcance de metas deixa o funcionário mais motivado e exigente consigo mesmo.

Exemplo: Caso um funcionários da fábrica passe o trimestre com nenhuma alteração, a empresa dará um bônus de X% no vale alimentação. Ou se o mesmo passar um ano sem acidentes terá uma cesta de natal completa.

Veja que não é difícil vincular metas com benefícios. Nós engenheiros da Nomus sempre sugerimos isso em nossas consultorias, pois vemos na prática que os resultados são alcançados numa velocidade acima da expectativa.

3. Criar um sentimento de pertencer a equipe (vestindo a camisa)

Funcionários que vestem a camisa da equipe e compram a causa da empresa geralmente são mais propensos a cumprir os seus deveres e produzir produtos e serviços de alta qualidade.

Porém aqui existe outro paradigma: as empresas pensam que esse sentimento deve brotar livremente nos funcionários, e muitas das vezes há uma identificação do funcionário com a empresa, mas vemos que o resultado de comprometimento é mais expressivo quando as empresas com suas politicas de recursos humanos dão ao funcionário todos os ingredientes para se sentir parte da equipe.

Ilustração da explicação:

Sou fã de futebol e torço para o Flamengo. Tenho um sobrinho que hoje tem 13 anos. Há um tempo, ele estava em dúvida na escolha de um time. Eu tinha duas opções:

  1. Deixá-lo escolher por conta própria.
  2. Deixá-lo escolher por conta própria, mas dar uma camisa do flamengo de presente e levá-lo ao maracanã lotado.

Veja que a opção B influencia diretamente na escolha, ou seja, quando você cria situações para que seu funcionário “vista a camisa”, a escolha dele de entrar na equipe é natural.

Entenda que se hoje sua empresa não faz nada para seus funcionários vestirem a camisa, então escolheram a opção 1.

4. Propiciar oportunidades para mudar, aprender e ter novas experiências no trabalho

Os funcionários têm uma necessidade de desenvolvimento tanto pessoal como profissional.

Um local de trabalho que permite que os funcionários a aprendam e desenvolvam novas habilidades pode melhorar significativamente a produtividade e reduzir o turnover (a rotatividade de pessoal).

Existem alguns programas que ajudam a atingir esse estímulo:

  • Programa de cargos e salários bem definidos
    • Por exemplo: para um funcionário almejar um cargo de supervisão, ele precisa estar com o ensino superior completo. Mas para gerência precisa de uma pós graduação e alguns anos de experiencia como supervisor. Uma das coisas que mais desestimulam os funcionários é ver num cargo superior uma pessoa despreparada ou sem competência para exercer o cargo.
  • Divulgação de vagas internamente
    • Quando uma vaga é liberada, o RH pode emitir um comunicado para todos dizendo qual é a vaga que está disponível e os requisitos para ocupá-la. Assim, deve-se dar prioridade para a “prata da casa” antes de abrir uma seleção externa.
  • Programa de incentivo aos estudos
    • Quando uma empresa incentiva o estudo de seus funcionários, seja dando algum beneficio financeiro (como arcar parte da mensalidade) ou fazendo parceria com alguma instituição que possibilite um desconto para os funcionários.
  • Treinamento interno aberto para todos
    • Vi isso recentemente numa empresa parceira e achei sensacional. Eles criaram um programa de cursos livres, ministrados normalmente pelos próprios funcionários em varias áreas de conhecimento. Logo, qualquer um da empresa pode se capacitar em qualquer tema que esteja disponível. Por exemplo, um funcionário do chão de fábrica pode fazer um curso sobre contabilidade de custos na empresa.

Com esses incentivos, a indústria pode ser mais competitiva no mercado com funcionários altamente capacitados e treinados.

Leia mais: 5 motivos pelos quais o profissional de indústria deve se especializar


Compartilhe esta matéria:


Tags:


Engenheiro Mecânico Industrial formado na UERJ e especialista em implantação de sistemas de gestão Industrial na Nomus. Thiago já atuou em fábricas de diversos setores, como: Embarcações, perfuração submarina, metal-mecânica, materiais de escritório, alimentício, cosméticos e tubulação.



Receba no seu email.

Os melhores artigos, ebooks e planilhas de gestão da produção industrial, gratuitamente, no seu email.





Junte-se a 47.312 gestores e profissionais da indústria

Receba dicas semanais de engenheiros de produção direto no seu email e turbine sua a gestão da sua indústria. Inscreva-se gratuitamente:


Seu email está seguro e você nunca receberá spam