9 dicas infalíveis para sua indústria se preparar para a Black Friday

Atualizado em 1/10/19 - Escrito por Thiago Leão na(s) categoria(s): Estratégia / Marketing e vendas / Processos e Organização / Produção

9dicasinfaliveisblocok

A Black Friday é um dos períodos de maiores altas nas vendas. Sucesso nos Estados Unidos e adotada em vários países, a Black Friday começa a ganhar força do consumidor brasileiro após alguns períodos de desconfianças que foram causados por falsas promoções conhecidas como “metade do dobro”. Neste artigo vou te mostrar 9 dicas infalíveis para você preparar sua indústria para a Black Friday.

Como surgiu a Black Friday?

Toda última sexta-feira do mês de novembro é realizada a Black Friday. O termo era originalmente utilizado para se referir às crises do mercado financeiro americano. Nos Estados Unidos, foi citado pela primeira vez numa tentativa de dois homens, Jay Gould e James Fisk, de tomarem o mercado do ouro na Bolsa de Valores de Nova York.

Com relação às compras no pós-período de Ação de Graças (Thanksgiving Day), a Black Friday surgiu como ideia dos lojistas de esvaziarem os estoques “velhos” para as novidades do Natal. Ganhou evidência na Filadélfia, no final de década de 60, sendo utilizado pela polícia, pois neste dia de feriado prolongado vários comerciantes saíam nas ruas em seus carros e a pé para aproveitar o movimento e conseguir aumentar as vendas. Os policiais, presenciando aquele caos que virava o trânsito e as ruas,  resolveram apelidar o dia de “Black Friday”. Com o passar do tempo, os lojistas conseguiram transformar este termo, usado de forma pejorativa, em algo positivo, associando ao período em que voltavam a ter lucro.

Black Friday no Brasil

No Brasil a Black Friday teve a sua primeira edição realizada em 2010, seguindo o modelo americano, mas sem relação com o dia de Ação de Graças.

Se você quer adaptar a sua indústria para atender às necessidades de períodos de altas nas vendas, como a Black Friday, leia estas 9 dicas que vão te colocar no rumo certo:

1. Prepare sua produção e estoque para a Black Friday e outros picos de demanda

A Black Friday chegou ao Brasil com o intuito de aumentar as vendas em um período pré-natal, que é uma época ainda de baixa procura. Então, os varejistas e lojistas trouxeram para cá este dia de compras, gerando mais um pico de demanda nas indústrias nacionais. Por isso, eu mostro como preparar a sua produção e estoque não só para a Black Friday, mas para os picos de demanda que são criados o ano todo, como dia das mães, dia dos pais, páscoa etc. Para isso, indico o artigo:

2. Tenha um controle de estoque eficiente

O estoque pode ser considerado um “banco de valores”, onde o seu patrimônio seria os seus produtos e não uma moeda. Por isso que uma gestão de estoque ótima e eficiente é importante, já que em muitos momentos você terá mais dinheiro aplicado nas suas mercadorias do que na conta no banco. Para te ajudar,  confira o artigo abaixo:

3. Utilize o PCP e o MRP para saber o que, quanto e quando comprar

Um bom Planejamento e Controle da Produção é essencial para qualquer indústria. Assim como o planejamento das necessidades de materiais(MRP). Além de todas as melhorias e benefícios que trazem para as indústrias, com eles, é possível  saber o que, quando e quanto comprar de materiais para a produção dos seus produtos.  Leia mais sobre PCP e MRP no artigo:

4. Invista na configuração de uma lista de materiais

Em implantações de sistemas de gestão industrial, o cadastro mais importante para funcionamento do programa é a configuração de listas de materiais. Sem a lista, não é possível realizar várias outras tarefas essenciais para o funcionamento do sistema de gestão na sua indústria. Para te convencer da importância desta lista, confira o artigo a seguir:

5. Reduza custos e aumente os lucros com o conceito Just in Time

A aplicação do Just in Time(JIT) é uma das melhores alternativas para sua indústria reduzir os custos da produção e aumentar o lucro na sua empresa. Em alguns casos, implementá-lo na sua empresa é algo difícil, mas apoiado por um bom software de engenharia de produção sua indústria conseguirá se aproximar cada vez mais do nível ideal. Por isso, sugiro que leia o artigo:

6. Resolva problemas através do planejamento e programação da produção (PCP)

O planejamento e controle da produção, tem o objetivo de cumprir 4 funções:

  • A programação a produção (Quando fazer)
  • O carregamento de máquinas e postos de trabalho (Quando e onde fazer)
  • O sequenciamento e priorização da produção (Em que ordem fazer)
  • O monitoramento da produção (A execução está seguindo o plano?)

Cumprindo estes objetivos e seguindo o planejamento, você possibilita à sua indústria, aliado a outros fatores, uma ótima gestão. Os problemas que estes objetivos resolvem, você pode conferir no artigo:

7. Use o PPCP para gerar metas e indicadores de desempenho

Aplicar indicadores de desempenho na área industrial é muito importante para medir o que está funcionando e quais são os pontos de melhoria da sua produção. Confira o artigo em que expliquei 5 objetivos e os benefícios destes indicadores:  

8. Invista na gestão da informação

Um dos melhores investimentos que a sua indústria pode fazer, se não o melhor, é abandonar o uso de cadernos e planilhas na gestão industrial. Usar um programa de gestão que faça isso, é um enorme ganho para o seu negócio. Você pode conferir mais no artigo: 

9. Aproveite os benefícios de um ERP na sua indústria

Um sistema de planejamento dos recursos da empresa, ou enterprise resource planning(ERP) tem a capacidade de controlar a produção, gerenciar  seus negócios, identificar e corrigir problemas de máquinas e seus colaboradores, apontando isso de uma forma simples e organizada. O ERP é uma evolução do MRP I, e possui várias vantagens, como você pode ler em:

Veja também: Como gerenciar a produção de uma pequena empresa

É hora de por as dicas em prática

Agora que você já conferiu 9 artigos que te explicam como preparar a sua indústria para datas como a Black Friday, é hora de começar a colocar em prática. A Nomus possui os melhores softwares do mercado para otimizar a sua indústria por completa. Agende uma demonstração e veja na prática como funciona.


Compartilhe esta matéria:


Tags:


Engenheiro Mecânico Industrial formado na UERJ e especialista em implantação de sistemas de gestão Industrial na Nomus. Thiago já atuou em fábricas de diversos setores, como: Embarcações, perfuração submarina, metal-mecânica, materiais de escritório, alimentício, cosméticos e tubulação.